SCHAREINA GANHA NAS MOTOS COM PORTUGUESES A BRILHAR

Schareina

Tosha Schareina - Foto: Rally-Raid Portugal

Tosha Schareina venceu a competição das motos do bp Ultimate Rally-Raid Portugal após uma performance sem erros na prova do ACP.

O piloto espanhol da Honda terminou com 4m38s de vantagem sobre Sebastian Bühler, com o luso-alemão da Hero a conseguir o seu melhor resultado de sempre no W2RC.

Bruno Santos (Husqvarna) completou o pódio da geral e ainda venceu a categoria Rally2, enquanto António Maio (Yamaha) venceu uma etapa e terminou no quarto lugar.

Leia também

ANTÓNIO MAIO, O PRIMEIRO LUSO A VENCER NO RALLY-RAID PORTUGAL

Site oficial

Schareina
Tosha Schareina – Foto: Rally-Raid Portugal

Tosha Schareina conquistou a segunda vitória da sua carreira

Natural de Valência, com 27 anos, Tosha Schareina começou a correr de mota, ainda em criança, influenciado pelo tio que corria em motocross.

Com uma carreira em ascensão, o piloto oficial da Honda conquistou, no bp Ultimate Rally-Raid Portugal, a segunda vitória da sua carreira em Rally-Raids e a primeira vitória oficial no Mundial de Rally-Raid, já que tinha vencido na Argentina em 2023.

É muito especial ganhar aqui, depois de uma grande prova.

Estou muito contente com o que consegui ao longo destas cinco etapas e também fico feliz pela equipa, já que grande parte é de Portugal.

Sebastian Bühler – Foto: Rally-Raid Portugal

Sebastian Bühler foi o principal opositor de Tosha Schareina

Residente no concelho de Odemira desde os três anos de idade, o alemão Sebastian Bühler (Hero) foi o principal opositor de Tosha Schareina, tendo terminado a 4m38s do espanhol.

O segundo lugar numa prova do Mundial é muito bom. Depois de uma queda no Dakar, acho que este resultado é a melhor forma de ganhar confiança.

Foi uma semana dura. Tive uma penalização de quatro minutos no primeiro dia e, sem isso, podia estar ainda mais próximo da luta pela vitória.

O Tosha esteve muito forte, como sempre, parabéns para ele.

Acho que a organização fez um trabalho muito bom, a conseguir fazer a corrida mesmo depois da chuva dos últimos dias.

Com pilotos nas duas primeiras posições, está ao rubro a luta pelo título de construtores entre a Honda e a Hero.

Bruno Santos – Foto: Rally-Raid Portugal

Um dos heróis portugueses foi Bruno Santos

Bruno Santos (Huskvarna) foi um dos heróis portugueses no bp Ultimate Rally-Raid Portugal.

Vinte e quatro anos depois de ter a primeira mota, o piloto de Torres Vedras cometeu a proeza de se estrear a vencer na categoria Rally2 e de subir ao derradeiro lugar do pódio na classificação geral de uma prova do Campeonato do Mundo de Rally-Raid.

Foi uma prova espetacular, que superou todas as minhas expetativas.

Cada dia foi um desafio diferente e claro que estou muito, mas mesmo muito satisfeito com o resultado.

António Maio – Foto: Rally-Raid Portugal

António Maio “…consegui uma vitória histórica”

Com uma vitória na penúltima etapa, António Maio (Yamaha) conquistou um brilhante quarto lugar da geral, com o militar da GNR a afirmar:

Foi uma prova espetacular, em que apanhámos todo o tipo de terreno, mas onde procurei não cometer erros.

A etapa de, ontem, em Espanha, foi fabulosa, muito ao meu estilo e foi onde consegui uma vitória histórica.

Estou feliz com este quarto lugar da geral e com o pódio no RallyGP.

Adrien Van Beveren (Honda) completou o top 5 e alcançou a sua 13.ª vitória em etapas nas provas do W2RC.

Bradley Cox (Rally2 do W2RC), Gonçalo Amaral (Rally3) e Kamil Wisniewski (Quad) também conseguiram vitórias nas respetivas categorias.

Parceiros

Deixe um comentário