Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Scratch, Ouro para Iuri e Bronze para Maria em eliminação

Iuri Leitão sagrou-se hoje campeão europeu de scratch, em Plovdiv, Bulgária.

Texto: União Velocipédica Portuguesa – Federação Portuguesa de Ciclismo

Scratch, a primeira medalha de ouro do ciclismo português de pista

É a primeira medalha de ouro do ciclismo português de pista em europeus e mundiais de elite.

Maria Martins conquistou a medalha de bronze em eliminação.

Scratch

Iuri Leitão revelou-se muito superior a toda a concorrência

O corredor vianense foi revelou-se muito superior a toda a concorrência na prova de 15 quilómetros – 60 voltas ao velódromo búlgaro.

As primeiras vinte voltas foram marcadas por várias tentativas de fuga, às quais o pelotão respondeu com prontidão.

A única iniciativa que vingou teve a assinatura de Iuri Leitão.

O ciclista da Equipa Portugal atacou a 40 voltas do fim, pedalou em solitário e, a 26 voltas de acabar a prova, consumou a volta de avanço sobre o grupo.

Scratch
Iuri Leitão e o treinador Gabriel Mendes

Depois de alguns quilómetros inserido no pelotão, a recuperar fôlego, Iuri Leitão respondeu ao ataque mais forte dos adversários, colocando-se na roda dos ciclistas que procuravam deixar o grupo principal para também darem uma volta de avanço.

Percebendo que não teriam qualquer hipótese de bater o português, os fugitivos abdicaram da iniciativa.

Mas Iuri Leitão não. O minhoto prosseguiu o esforço para ser o primeiro a cortar a meta, o que não precisava, dado que tinha uma volta de vantagem sobre os demais.

Scratch
Iuri Leitão no pódio

Iuri Leitão escreveu uma página de ouro na história do ciclismo português.

Foi acompanhado no pódio de scratch pelo ucraniano Roman Gladysh e pelo britânico Oliver Wood, segundo e terceiro, respetivamente.

Relembrar que ontem Iuri Leitão conquistou a medalha de prata na prova de eliminação.

Visualize o vídeo do momento histórico.

Maria Martins regressa aos pódios

Poucos minutos depois de Iuri Leitão fazer história foi a vez de Maria Martins regressar ao pódio em Campeonatos da Europa.

A corredora ribatejana foi a terceira classificada em eliminação.

Maria Martins aplicou uma tática semelhante à que ontem valera a prata a Iuri Leitão na mesma disciplina, correndo na parte de trás, mas quase sempre por fora do pelotão, com espaço para ir eliminando a concorrência.

A ciclista da Equipa Portugal viveu, contudo, alguns momentos mais conturbados, escapando por pouco de algumas eliminações que chegaram a parecer certas.

Maria Martins no pódio

Apesar do esforço extra despendido para fugir às saídas precoces da prova, Maria Martins ainda teve energia para subir ao pódio, na terceira posição.

Apenas foi batida pela britânica Elinor Barker, campeã da Europa, e pela italiana Rachele Barbieri.

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta