Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Taça do Mundo de Karlovy Vary, Vasco Vilaça é prata

Vasco Vilaça volta aos pódios internacionais com um excelente segundo lugar na Taça do Mundo de Karlovy Vary, República Checa.

Depois de se ter sagrado vice-campeão do Mundo na semana passada, em Hamburgo.

Uma prova disputada na distância olímpica: 1500 metros de natação, 40km de ciclismo e 10km de corrida.

Ricardo Batista, outro jovem triatleta em prova de apenas 19 anos e Campeão do Mundo de Juniores em 2019, alcançou uma excelente 15ª posição.

Sendo uma prova muito exigente e de elevado nível competitivo, os olhos estavam postos em Vasco Vilaça.

Atleta revelação do Campeonato do Mundo que se realizou no dia 5 de setembro; a sua forma física, mas também a estratégia e atitude em prova.

Vasco Vilaça

Vasco Vilaça é Medalha de prata na Taça do Mundo de Karlovy Vary

O triatleta nacional cimentou a sua posição nesta Taça do Mundo ao conquistar a medalha de prata lado a lado com os melhores atletas internacionais, entre eles Vicent Luis, Campeão do Mundo de Triatlo 2019 e 2020.

Vasco Vilaça destacou-se logo no início da competição, inserindo-se no primeiro grupo de ciclismo.

«Foi incrível, tentei mais uma vez sair na natação de modo a posicionar-me no grupo da frente do ciclismo.

Fiquei com mais seis atletas, entre eles Vicent Luís, é espetacular participar a este nível.»

Taça do Mundo de Karlovy
Vasco Vilaça

Para Vilaça, que conta com pouca experiência como atleta de elite e apenas três participações na distância olímpica, a sua extraordinária performance foi muito apreciada pelos comentadores da prova tendo em conta a sua juventude.

Brilhante, impressionante e extraordinária foram alguns dos adjetivos utilizados para descrever a prestação do jovem atletas nacional que demonstrou, mais uma vez, estar ao nível dos melhores triatletas mundiais.

«Estava com algum receio de não conseguir acompanhar na corrida, houve uma altura que as pernas afrouxaram, mas depois consegui manter o ritmo.

Estou muito contente, nem tenho palavras para descrever!»

Ricardo Batista

Ricardo Batista brilhante na República Checa

Ricardo Batista, atleta do Clube de Natação de Torres Novas, Campeão do Mundo de Juniores em 2019 e Campeão Nacional de Triatlo na Distância Standard em 2020, alcançou uma excelente 15ª posição.

A Taça do Mundo de Karlovy Vary teve uma start-list extremamente competitiva de elevado nível, pelo que o resultado foi magnifico.

Um evento que contou com a presença do Campeão do Mundo, o francês Vicent Luis (que venceu esta Taça do Mundo), e do português Vice-Campeão do Mundo, Vasco Vilaça (2º lugar nesta Taça do Mundo), entre outros.

Tem um dos percursos mais exigentes do circuito mundial.

Ricardo Batista concluiu a sua prova disputada em distância standard (1500m/natação, 40kms/ciclismo e 10kms/corrida) com um tempo de 01h54m48s.

Ricardo Batista

Depois de realizar o segmento de natação com 1500m em 18m20s, o atleta torrejano integrou o 2º grupo no segmento de ciclismo com 40kms, que concluiu em 1h02m41s.

Ricardo Batista manteve-se sempre neste grupo até chegar a corrida de 10kms, terminando este último segmento com um tempo de 32m54s.

Taça do Mundo de Karlovy
Ricardo Batista

Realizou uma brilhante prova em Karlovy Vary, tendo em conta a concorrência presente, e sendo o 2º atleta mais novo entre 67 participantes do top mundial.

Para o técnico torrejano, Paulo Antunes, «se no sábado foi um dia em grande cheio de bons resultados, hoje, domingo foi ainda mais impressionante.

Parabéns Ricardo Batista por tudo o que tens feito, um 15º lugar numa Taça do Mundo com nível WTS, BRILHANTE.

Estamos na luta e a cada dia com mais ambição !!»

Vasco Vilaça e Ricardo Batista

Vasco Vilaça e Ricardo Batista dos atletas mais jovens em competição

De salientar que ambos são dos atletas mais jovens em competição, com pouca experiência na distância olímpica, tendo que lidar com uma start list muito competitiva.

Duas voltas de natação, num percurso difícil e com bastante contacto, seis voltas de ciclismo, num trajeto técnico que incluía retornos e uma subida intensa, finalizando com uma corrida dura.

Dos 67 triatletas que iniciaram, apenas 47 finalizaram a competição, sendo a medalha de prata e o 15º lugar muito bons indicadores.

O francês Vicent Luis, e atual campeão do mundo, alcançou a vitória com 01:52:14.

O triatleta nacional Vasco Vilaça foi a medalha de prata com 01:52:20, e o belga Jelle Geens fechou o pódio com 01:52:34.

Pode visualizar aqui os resultados completos.

Texto / Foto: Federação Triatlo de Portugal

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta