Triplo-salto e peso na hora da qualificação masculina

Nelson Évora - Foto de arquivo

O quinto dia do atletismo nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 será preenchido com qualificações (triplo-salto e lançamento do peso masculinos) e com as eliminatórias dos 400 metros femininos.

Leia também os artigos sobre a prestação portuguesa nos Jogos Olímpicos

Patrícia Mamona e Auriol Dongmo apuradas para as finais

Liliana Cá na final do disco, Irina Rodrigues ficou fora

Carlos Nascimento afastado na primeira ronda

Auriol Dongmo a cinco centímetros da medalha

Alto Calibre de Patrícia Mamona na obtenção da prata

Liliana Cá na final do disco à procura do pódio

Liliana Cá protagoniza mais um feito histórico

Texto: Federação Portuguesa de Atletismo

Triplo-salto e lançamento do peso masculinos no dia das decisões

A qualificação do triplo-salto masculino começa logo pela uma hora da madrugada (9h00 em Tóquio).

triplo-salto
Nelson Évora

Nelson Évora um adeus olímpico de sonho no triplo-salto??

No grupo A estarão em competição Nelson Évora e Tiago Pereira. O campeão olímpico em 2004 será o terceiro a saltar.

Atualmente no Barcelona, o atleta treinado por Ivan Pedroso (que viu as suas atletas Rojas e Peleteiro subirem ao pódio do triplo-salto feminino), passou duas épocas atribuladas e, mesmo em março deste ano, foi submetido a uma intervenção cirúrgica que o impediu de aproveitar todo o tempo disponível para treinar e competir.

Surge em Tóquio com um registo de 15,93 metros, mas uma enorme vontade de produzir um adeus olímpico de sonho na sua quarta presença nos Jogos.

triplo-salto
Tiago Pereira

Tiago Pereira a viver um sonho

Sonho está a viver Tiago Pereira.

O atleta do Sporting Clube de Portugal, que é treinado por João Ganço, definitivamente virado para o triplo-salto, viu recompensado o seu esforço com o apuramento para os Jogos Olímpicos e com um recorde pessoal de 17,11 metros.

Será o 14.º a saltar no apuramento. Para passar à final terá de saltar 17,05 metros ou ficar nos 12 primeiros dos dois grupos.

triplo-salto
Pedro Pichardo

Pedro Pichardo deve conseguir qualificação direta no triplo-salto

À mesma hora, mas no grupo B compete o recordista de Portugal Pedro Pichardo.

O atleta do Sport Lisboa e Benfica, treinado pelo seu pai, Jorge Pichardo, saltará em 13.º lugar nesta qualificação.

Sendo um dos três homens que já passaram os 18 metros (os outros são o norte-americano Will Claye e o burkinês Hughes Fabrice Zango) e tendo a melhor marca mundial do ano ao ar livre (17,92), não será difícil para ele aceder à final.

Cátia Azevedo

Cátia Azevedo pode concretizar passagem às meias-finais

Quarenta e cinco minutos depois da qualificação do triplo-salto masculino começarão a correr-se as eliminatórias de 400 metros femininos onde estará Cátia Azevedo, a recente recordista de Portugal, com a marca de 50,29 segundos.

A atleta do Sporting Clube de Portugal, treinada por Carlos Silva, surge em Tóquio na sua segunda presença em Jogos Olímpicos com um estatuto competitivo superior ao da sua estreia (4.ª na eliminatória no Rio 2016).

Assim, a passagem às meias-finais pode bem ser concretizada.

Francisco Belo

Francisco Belo em ação pela qualificação

Finalmente, na jornada vespertina (mas às 11h15 da manhã portuguesa) entrará em ação Francisco Belo.

O atleta do Sport Lisboa e Benfica, treinado por Volodymyr Zinchenko, estará no grupo A de qualificação (serão dois) de uma prova que, este ano, ainda se apresenta mais competitiva.

Sendo o seu melhor de sempre um lançamento de 21,27 metros, Belo terá de fazer 21,20 metros para se qualificar diretamente para a final olímpica ou classificar-se entre os 12 melhores dos dois grupos.

Parceiros

Deixe uma resposta