VALENTINE FORTIN E WILLIAM PERRETT MAIS FORTES NO CONCURSO DE OMNIUM

Pódio Omnium - Foto: DR

No segundo dia de competição do Troféu Internacional Artur Lopes foram Valentine Fortin (Cofidis Women Team) e William Perrett (Chainy Windows and Doors) a destacarem-se perante a concorrência, vencendo o concurso de omnium nos respetivos setores masculino e feminino.

O melhor português foi Iúri Leitão (Equipa Portugal), segundo classificado nesta mesma disciplina.

Leia também

TROFÉU INTERNACIONAL ARTUR LOPES INICIOU-SE COM BRITÂNICOS A DOMINAR A VELOCIDADE

Fonte: UVP – Federação Portuguesa de Ciclismo

Luta acesa até ao final no omnium feminino

No omnium feminino, a disputa pelos primeiros lugares foi bastante acesa até ao final.

Valentine Fortin (Cofidis Women Team) venceu o scratch, com Anita Stenberg (Norway) a ser segunda, seguida de Eukene Larrarte (Spain National Team).

Na corrida tempo as francesas Victoire Berteau e Valentine Fortin (Cofidis Women Team) empataram com 24 pontos, acabando Berteau a ser dada como vencedora, visto ter sido quem pontuou no último sprint.

À partida para a corrida de eliminação, era Valentine Fortin que comandava a geral, com 78 pontos, mais quatro do que a sua colega de equipa, que por sua vez seguia empatada com Anita Stenberg.

Valentine Fortin acabaria por vencer a corrida de eliminação, estendendo um pouco mais a sua vantagem.

No entanto, estava tudo ainda por decidir, pois eram apenas 10 pontos que separavam as três primeiras classificadas.

Na corrida por pontos, Valentine Fortin foi mais forte, vencendo assim o concurso de omnium com 135 pontos, após ter pontuado em quatro dos oito sprints pontuáveis, e vencendo três deles.

Anita Stenberg foi segunda, com 129 pontos, e Victoire Berteau foi terceira, com 120 pontos.

Iúri Leitão – Foto: DR

Iúri Leitão conquistou o 2º lugar

No setor masculino, Iúri Leitão (Equipa Portugal) arrancou da melhor forma, vencendo o scratch, após ganhar uma volta aos restantes corredores em prova.

No sprint final Rui Oliveira (UAE Team Emirates) foi segundo e William Tidball (Team Inspired) terceiro.

Seguiu-se a corrida tempo, desta vez com Ivo Oliveira (UAE Team Emirates) a vencer, somando um total de 32 pontos, após ter sido o mais forte nos 12 primeiros sprints.

Além disso, foi um dos nove corredores a dar volta. William Tidball (Team Inspired) foi segundo, com 25 pontos, e William Perrett (Chainy Windows and Doors) terceiro, com 22 pontos.

À entrada para a prova de eliminação era William Tidball (Team Inspired) que estava na frente da tabela classificativa, com 74 pontos, apenas mais dois do que Rui Oliveira.

Tidball acabaria por vencer a eliminação, batendo o seu compatriota, William Perrett.

Iúri Leitão fechou em terceiro, garantindo assim a subida ao segundo lugar da geral, partindo assim para a última prova com uma desvantagem de oito pontos para William Tidball.

A corrida por pontos foi bastante movimentada, com vários corredores a dar volta, entre eles Iúri Leitão, que lutou pela vitória até ao final.

No entanto, William Perrett não deu hipótese e apesar de o português ter sido mais bem-sucedido nos sprints pontuáveis e ter ganho duas voltas ao pelotão, o britânico conseguiu ganhar três, o que somando à vantagem que já trazia das provas anteriores bastou-lhe para garantir a vitória.

Assim, William Perrett venceu o omnium com 179 pontos, Iúri Leitão foi segundo, com 169 pontos, e Thomas Boudat (Go Sport/Roubaix Lille Metropole) fechou o pódio em terceiro, com 137 pontos.

João Matias (Equipa Portugal) acabaria em quarto, a apenas um ponto do terceiro lugar.

Pódio Omnium – Foto: DR

Contrarrelógio

Neste sábado, também se disputou a prova de 500 metros contrarrelógio no setor feminino.

Ao pódio subiram as mesmas atletas que também o fizeram na prova de velocidade disputada no dia de ontem, invertendo-se os dois primeiros lugares.

Assim, Lauren Bell (Great Britain) foi a vencedora destes 500 metros contrarrelógio, seguida da sua colega de equipa, Katy Marchant. Orla Walsh (Ireland), fechou na terceira posição.

Por sua vez, os corredores do setor masculino da categoria elite disputaram a prova de um quilómetro contrarrelógio.

Espanha esteve em grande destaque nesta disciplina, fazendo o pleno e levando três dos seus atletas ao pódio.

A vitória foi de Ekain Jimenez (Spain National Team), após ter completado o seu esforço individual em 1’02”464, José Moreno (Spain National Team) foi segundo, a cerca de um segundo do vencedor, e Beñat Garaiar (Spain National Team) fechou na terceira posição

Juniores em competição

Neste sábado estiveram também em competição os atletas da categoria de juniores, com as raparigas a disputarem as provas de scratch e corrida por pontos, e os rapazes o concurso de omnium.

Em ambas as provas do setor feminino foi Marta Carvalho (Equipa Portugal) a conquistar a vitória.

No scratch a corredora portuguesa partilhou o pódio com Raquel Dias (Equipa Portugal) e Lara Fernandes (Equipa Portugal), segunda e terceira classificadas, respetivamente.

Já na corrida por pontos, Marta Carvalho (Equipa Portugal) somou um total de 23 pontos, garantindo assim a vitória sobre Neza Zupanic (Slovenia), que somou 17 pontos, e Raquel Dias (Equipa Portugal), que terminou a prova com 16 pontos.

No omnium masculino houve um nome em claro destaque: Zak Erzen (Slovenia).

O corredor esloveno venceu o scratch, tendo sido depois batido por Ramazan Yilmaz (Turkey) na corrida tempo.

Os dois seguiram empatados para a corrida de eliminação com Zak Erzen a conseguir a vitória, consequentemente, alargando a sua vantagem para os seus adversários.

Na corrida por pontos, Zak Erzen confirmou a sua superioridade, vencendo com um total de 160 pontos.

Nejc Peterlin (Slovenia) foi segundo, com 138 pontos, e Erazem Valjavec (Slovenia) fechou um pódio totalmente esloveno, com 127 pontos.

Hoje será o último dia de competição do Troféu Internacional Artur Lopes no Velódromo de Sangalhos, em Anadia, com a sessão da manhã a ter início pelas 09h30, com final previsto para as 13h20.

Nesta primeira fase serão disputadas as finais de scratch, das categorias elite e júnior, nesta última apenas no masculino.

A sessão da tarde terá início pelas 14h00, com o Keirin (elite masculina e feminina), seguindo-se a final da corrida por pontos para juniores masculinos.

As provas de madison, nos setores masculino e feminino irão encerrar a competição, que deverá terminar pelas 18h00.

Parceiros

Deixe uma resposta