Barco do Team Vestas regressou à água na Volvo Ocean Race Lisboa

Depois de uma paragem de cinco meses, o barco do Team Vestas regressou à água esta sexta-feira, dia 29 de maio, na Doca dos Pedrouços em Lisboa. A manobra de regresso do barco à água foi assistida por centenas de pessoas do público, velejadores e todas as equipas, num momento marcante para a história da Volvo Ocean Race e do Team Vestas.

Os dinamarqueses foram afastados da competição na 2ª etapa da regata, Cidade do Cabo – Abu Dhabi, na noite de 28 de novembro, quando encalhou num atol a norte da Ilha Maurícia, no Oceano Índico, provocando um acidente grave a nível da estrutura do veleiro. O embate não causou quaisquer danos físicos para a tripulação, no entanto destruiu grande parte do veleiro, impedindo a equipa azul de prosseguir na prova.

O veleiro foi levado depois para a Malásia, de onde partiu para Itália, onde ficou durante 5 meses em reparação nos estaleiros da Persico, empresa que fabrica todos as embarcações da Volvo Ocean Race. O barco foi transportado para Portugal, tendo chegado ao Porto de Setúbal a 26 de maio, terça-feira. Durante estes últimos dias a equipa esteve a tratar dos últimos retoques para que o barco fosse colocado no rio Tejo atempadamente.

O momento foi festejado com muita alegria por parte de todas as equipas, em especial do Team Vestas, que celebrou o regresso do veleiro à água com champanhe e muita animação. Os restantes veleiros regressam à água durante a próxima semana, para as regatas de treino e de classificação geral agendadas para os dias 4, 5 e 6 de junho.

Também esta sexta-feira foi ainda organizada uma visita ao Boatyard – o estaleiro naval comum onde são realizados os serviços de manutenção a todos os barcos durante as paragens em terra. O BoatYard é partilhado pelas sete equipas, o que permite reduzir os custos de cada uma, para além de garantir uma prova justa do ponto de vista mais técnico dos barcos. Todas as embarcações são construídas a partir do mesmo modelo de barcos – o Volvo Ocean 65 – com os mesmos padrões de performance e durabilidade. Assim, o destaque vai para a performance individual de cada equipa.

Até à próxima semana as embarcações são colocadas em sólidas armações em terra, onde são reparadas enquanto podem ser admiradas pelo público.

A Volvo Ocean Race Lisboa 2015 decorre até 7 de junho com inúmeras atividades ligadas ao desporto, à vela, à cultura e ao espírito de competição. À noite também é possível assistir aos concertos de alguns dos melhores nomes da música portuguesa, de forma totalmente gratuita. Carminho, Miguel Araújo, Carlão, Mikkel Solnado, Souls Of Fire, Ana Free são apenas alguns dos artistas que ainda irão pisar o palco da Doca dos Pedrouços, em Algés.

Parceiros

Deixe uma resposta