Banner superior
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Doze representam no Campeonato da Europa de estrada

A Equipa Portugal compete, sexta-feira e domingo, no Campeonato da Europa de Estrada para Sub-23 e Juniores, em Brno-Zlin, República Checa. Estão convocados seis corredores de cada categoria.

João Almeida

O selecionador nacional de estrada, José Poeira, chamou os sub-23 André Carvalho (Liberty Seguros-Carglass), Daniel Viegas (Polartec-Kometa), Hugo Nunes e Jorge Magalhães (Miranda-Mortágua), João Almeida (Hagens Berman Axeon) e Marcelo Salvador (Sicasal/Constantinos/Delta Cafés).

A seleção de juniores será composta por António Ferreira e Pedro Andrade (Vito/Feirense/BlackJack), Guilherme Mota (Alcobaça CC/Crédito Agrícola), Hélder Gonçalves e João Carvalho (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact) e Rúben Simão (Sporting/Tavira/Formação Eng. Brito da Mana).

Todos os ciclistas vão alinhar nas provas de fundo, marcadas para domingo, 15 de julho. Os juniores irão cumprir 118,8 quilómetros, a partir das 8h00. A corrida de sub-23 começa ao meio-dia, tendo 140,4 quilómetros.

Campeonato da Europa de Estrada

O circuito do Campeonato da Europa de Estrada é acidentado, sendo crucial a boa colocação para estar na dianteira nos momentos de definição da corrida, nos quais se espera que a exigência do traçado seja aproveitada para desencadear ataques.

Os contrarrelógios disputam-se na sexta-feira, 13, tendo 24 quilómetros para ambas as categorias. O primeiro júnior sai para a estrada às 8h00. A Equipa Portugal estará representada no Campeonato da Europa de Estrada por Guilherme Mota e por Pedro Andrade. Os sub-23 competem a partir das 12h00, estando entre eles os portugueses João Almeida e Jorge Magalhães.

Acredito que temos possibilidade de alcançar bons resultados, tanto em juniores como em sub-23, nas provas de fundo e de contrarrelógio.
Temos uma seleção de qualidade neste Campeonato da Europa de Estrada”, frisa José Poeira.

Maria Martins podia conseguir um top 5”

Já medalhada em dois Europeus de pista, Maria Martins estreou-se em 2017 num Campeonato da Europa de Estrada com o sétimo posto, superando as próprias expectativas. “Vinha com intenção de lutar por um top 20, porque não sabia bem o nível das adversárias e porque a estrada é muito diferente da pista. No final acabei por ficar com a sensação de que, se tivesse arrancado para o sprint mais à frente, podia conseguir um top 5”, salienta a corredora.

Texto / Fotos: UVP / FPC

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta