Banner superior
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Luís Costa o mais veloz na luta pela Taça

A Taça de Portugal de Paraciclismo iniciou-se na tarde deste sábado, na Zambujeira do Mar, Odemira, com a disputa de um contrarrelógio individual de 23,4 quilómetros, onde Luís Costa (Sporting / Tavira – Paracycling) foi o mais veloz.

Dezoito paraciclistas iniciaram luta pela Taça

A primeira corrida do troféu de regularidade para ciclistas portadores de deficiência atraiu 18 praticantes, que se distribuíram por oito classes de competição.

As classes C2, C4 e C5 foram aquelas que receberam mais participantes. O melhor C2 foi Telmo Pinão (Casa do Benfica MMV/APCA/Paracycling), o vencedor em C4 foi João Monteiro (Mozinho RT Martos Pellets), enquanto em C5 impôs-se Manuel Ferreira (Silva & Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel).

João Pinto bateu a concorrência em H3, Flávio Pacheco (Sporting/Tavira – Paracycling) e João Marques (ACD Milharado/EC Manuel Martins) mostrou superioridade na classe D.

O C1 Bernardo Vieira, o C3 Francisco Martins e o H5 Luís Costa (Sporting / Tavira – Paracycling) correram sem adversários nas respetivas classes. A título indicativo, porque cada bicicleta e cada tipo de deficiência são únicos, refira-se que o mais veloz de todos os participantes foi Luís Costa, que completou o percurso em 36m35s.

Luís Costa – Sporting / Tavira – Paracycling

Luís Costa “Para a semana já vai ser a “sério””

Estou satisfeito com a minha prestação neste contrarrelógio, foi um bom teste e penso que estou no bom caminho para obter bons resultados nas provas internacionais desta época.
Confesso que tinha como objetivo obter o melhor tempo da geral do paraciclismo, o que consegui.
Fiquei até surpreendido por ter feito melhor tempo até do que os atletas da classe D (surdos), que por norma são mais fortes do que eu.
Para a semana já vai ser a “sério” prova do calendário internacional da UCI em Itália, onde vou ter como adversários os dois atuais campeões do mundo da minha classe, tanto o de contrarrelógio como o de fundo, Alex Zanardi e Tim de Vries, respectivamente.

Texto / Fotos: UVP / FPC

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta