Banner superior
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Gaya Legendary Running = Gaya LENDARIO EMPENO

Gaya Legendary Running , nesta prova tudo é diferente…

Em vez do normal dia de Domingo para correr, esta prova aconteceu num sabado e em sunset, nada mais nada menos, que junto á Marina da Afurada em Gaia.

Um local de uma paisagem bela e serpenteada com o rio Douro e vistas lindissimas da cidade do Porto.

Pelas 19h de Sabado, dia 14 de novembro, já eram centenas de atletas junto á Junta de Freguesia da Afurada.

 

 

Gaya Legendary Running

Estavam inscritos cerca de 235 participantes na prova de 19 km e 273 na prova de 10km.

A calor humano estava lá e o ansioso miudinho para a partida fazia-se sentir junto com o cheiro a cremes analgésicos…

Fomos á prova de 19km, era a primeira partida e ainda havia luminosidade apesar de os candeeiros da cidade já estarem ligados.

Os primeiros km´s foram de impor ritmo, serpentear o rio e depois entramos para a verdadeira prova… já a suar, mal sabiamos o que nos esperava!!!

Não sei bem como, através da zona noturna, conhecida como “seca do bacalhau” entramos para zona de arvoredo e parecia um verdadeiro Trail, no entanto estavamos a ritmo de estrada, as pequenas lanternas iluminavam o essencial, onde vou pousar o pé.

Nestas situações, parece que o ritmo cardiaco acelera mais, pois sentimos uma adrenalina muito elevada, eu chamo o correr a “pisar ovos”.

Não sabemos o que está debaixo dos nossos pés, pouco sabemos onde estamos e na insegurança corremos a levantar bem os joelhos, como se aquela reta fosse uma subida.

Mas as subidas eram paredes, que se pronuncie quem conhece as ruas das caves dos vinhos do Porto, acho que as percorremos a todas, sem esquecer escadas, cascalho e descidas abismais, para tanto paralelo era preciso ter um bom apoio lombar.

Mas as paisagens, o serpentear o rio, os aplausos dos moradores e o cheiro a vinho que estava entranhado naqueles caminhos foi uma companhia constante para todos os participantes.

 

Marcações eram abundantes, mas…

As marcações eram abundantes no Gaya Legendary Running , no entanto muitos atletas se enganaram nos caminhos.

Acredito que em ritmos elevados e á noite é sempre dificil ver as marcações, eram em fitas, placas e refletores, sem esquecer a ajuda preciosa dos moradores que até uma palmada nas costas me davam como incentivo, mal eles sabiam que em certas partes da prova, se a palmadinha nas costas fosse mais forte eu ainda caía.

José Sousa – OPraticante.pt e Carlos Silva – Clube Trilheiros & Amigos

 

Para as provas noturnas penso que a melhor forma de iluminar os caminhos seria com luzes…

Fica a minha humilde dica… os very lights utilizados nas boias da pesca podem ser uma boa sugestão ou então pedem emprestado alguns ao RAMBO, aquelas que ele usa quando entra nos tuneis… vejam na imagem abaixo se bem me fiz entender do que se trata.

OPraticante.pt no pódio e ao lado do pódio

Representando a equipa de Opraticante.pt, estiveram a Elisabete Repas que oteve um 2º Lugar no escalão F50, com o tempo de 2h13m12s e o José Sousa um 4º Lugar no escalão Senior, com o tempo de 1h39m11s.

Elisabete Repas – Opraticante.pt – 2º Lugar – F50

Os vencedores dos 19 kms

Na prova de 19km, o tempo de 1:27;12 de Luis Gil dos Gaia Trail, foi mais que suficiente para o 1º lugar da geral, passados 3 minutos, David Coutinho arrecadou o 2º lugar do Podio e o 3º foi para o Joel Pinto do Taylors325 finalizando com 1:31;13

Na mesma distancia no geral feminino, a Estela Martins com o tempo de 1:53;36 ficou no lugar mais alto pódio, a Cristina Fundevila Teixeira nem um minuto depois chegou e ficou em 2º geral e o 3º e honroso lugar coube á Silvia Gomes do Correio de Albergaria Trail Running.

 

Os vencedores dos 10 kms

Na distancia de 10km, o José Lopes dos Not Run Alone foi o primeiro com o tempo de 57;37, com o tempo de 58;31 o Miguel Baptista Pinto dos Trail Running Clube BTT Sanguedo foi o 2º e o 3º lugar foi do Paulo Madeira dos Gaia Trail com o tempo de 58;51.

Na mesma distancia mas no feminino, a Mafalda Oliveira do Atletico da Madalena com o tempo de 1:06;33 foi a primeira a cruzar a meta, Tatiana Silva dos Lion Runners com o tempo de 1:08;18 alcançou o 2º Lugar e o 3º foi para a Diana Sousa que chegou 3 minutos da vencedora.

Parabéns a todos os participantes, á organização, a todos os voluntários e aos moradores da Afurada.

Uma prova que todos deviam de fazer, de forma a conhecerem o melhor quintal de treinos para os Trialaristas de Gaia e arredores.

 

 

 

Visualize mais artigos sobre o evento.

Evento no facebook.

Esperamos o 3º GAYA LENDÁRIO EMPENO.

Texto: José Sousa
Fotos: Organização

 

 

 

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta