Banner superior
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Trail Amigos da Montanha – O Galo encantou

19 de Novembro de 2017, foi o dia escolhido para a organização de mais um evento de trail, desta feita a 8ª edição Trail Amigos da Montanha, onde o galo encantou mais uma vez.

A Associação Amigos da Montanha tem como principais objectivos a promoção e divulgação do montanhismo e a preservação de espaços verdes, procedendo inclusive à recuperação de trilhos, caminhos e a acções de reflorestação, com vista à prossecução dos seus objetivos.

Nesta edição a organização esteve mais uma vez decidida a mostrar os melhores trilhos de aventura, assim o fez através de um mega evento com quatro percursos e que reuniu cerca de 2000 participantes, distribuídos pelas diversas distâncias.

Partida Trail Curto

As distâncias do Trail Amigos da Montanha

Trail Ultra Sidónios (69 km); Trail Longo Crédito Agrícola – Caixa do Noroeste (40km); Trail Curto Martins & Filhos (20km) e Mini Trail/Caminhada Águas de Barcelos (12 km).

O Trail Ultra Sidónios, a prova de maior distância, voltou a integrar o Circuito Nacional de Ultra Trail. O Trail Longo Crédito Agrícola – Caixa do Noroeste integrou o campeonato de Trail.

A partida e chegada aconteceram no belo Centro Histórico de Barcelos, cujo ícone de identidade de Portugal no Mundo, conta uma das mais importantes lendas medievais do éradio popular português se imortalizou na cultura lusitana através do famoso Galo de Barcelos.

O suspeito e o Galo

Conta-se que os habitantes do burgo andavam alarmados com um crime e, com o facto de não se ter descoberto o criminoso que o cometera. Certo dia, apareceu um galego que se dirigia a S. Tiago de Compostela em cumprimento de uma promessa e viria a tornar-se o suspeito. As autoridades resolveram prendê-lo e, apesar dos seus juramentos de inocência, ninguém acreditou nele. Tendo sido condenado à forca.

Antes de ser enforcado, pediu que o levassem à presença do juiz que o condenara. O galego voltou a afirmar a sua inocência e, perante a incredulidade dos presentes, apontou para um galo assado que estava sobre a mesa na faustosa casa do juiz, exclamando: “É tão certo eu estar inocente, como certo é esse galo cantar quando me enforcarem”. Risos e comentários não se fizeram esperar mas, pelo sim pelo não, ninguém tocou no galo. O que parecia impossível tornou-se, porém, realidade!

Quando o peregrino estava a ser enforcado, o galo assado ergueu-se na mesa e cantou. Já ninguém duvidava das afirmações de inocência do condenado. O juiz correu à forca e viu, com espanto, o pobre homem de corda ao pescoço. Todavia, o nó lasso impedia o estrangulamento. Imediatamente solto foi mandado em paz.

Passados anos voltou a Barcelos e fez erguer o monumento em louvor a S. Tiago e à Virgem. No local continuam a forca e junto da mesma encontra-se o famoso ícone.

O grande dia que se reinventa todos os anos

Domingo, o grande dia, amanheceu soalheiro e com temperatura amena para receber atletas, seus familiares e amigos que iriam participar nas provas de diversas distâncias e na caminhada.

No próprio dia e no dia anterior, já tudo se encontrava meticulosamente preparado para receber os participantes, com a possibilidade de recolha dos kits de participante, compostos de uma t’shirt e fita para a cabeça, ambos de material de elevada qualidade. Dorsal e chip, integravam igualmente o kit.

Assim e com todos estes preparativos concluídos, a partida das provas e da caminhada ocorreram pela hora prevista, percorrendo na fase inicial algumas ruas da cidade que gradualmente conduziram os atletas para os trilhos, inicialmente circundantes à cidade, alargando-se os percursos consoante a sua distância, proporcionando a todos, paisagens de rara beleza, e tendo em conta o tempo seco que se tem feito sentir, proliferava algum pó no ar à passagem das centenas de atletas, ao invés da lama presente em anos anteriores em que o tempo foi de chuva abundante. É de facto uma prova com uma boa capacidade de se reinventar.

A zona de chegadas, no mesmo local onde havia sido dada a partida, aguardava-se em ambiente festivo a chegada de todos os atletas, que recebiam a sua medalha de finalizadores de uma extraordinária corrida e à sua disposição encontrava-se um serviço de bar com bifanas, sopa, frutas e bebidas.

A entrega de prémios ocorreu no mesmo local e as classificações ficaram ordenadas da seguinte forma:

Os vencedores

Trail Ultra (69 km)

Mário Elson Fonseca – Dr. Merino/4moove, com 6h58m21 foi o vencedor seguido de Bruno Sousa – Satecnor Outdoor/La Sportiva – 7:01:20, Bruno Ferreira – Águias de Alvelos – 7:08:03, completou o pódio.

Pódio Feminino Trail Ultra

Em femininos venceu Inês Marques – U. F. Comércio e Indústria Atletismo – 8:04:42, completaram o pódio Cristina Couceiro – ARSM – 8:28:50 e Jocelina Jesus Ferreira – Juventude Vidigalense – 8:32:56.

Trail Longo (40km)

Pódio Masculino Trail Longo

O vencedor Rodrigo Gregório – AMCF-Arrábida Trail Team, levou 3:38:57 a percorrer o percurso, seguiu-se Antonio Sérgio Sá – Individual – 3:43:11 e Victor Fernandes – CTAD – Trilhos de Cinfães – 3:44:21.

Fatima Melo – Barcelos Team Portugal – 4:21:56, venceu, Maria Goreti Correia – Amigo Trail Team – 5:05:44 e Marina Alves – Turres Trail Team – 5:07:50, respectivamente 2ª e 3ª classificada.

Pódio Eminino Trail Longo

Trail Curto (20km)

A prova onde a diferença que separou o 1º e o 2º foi menos de um minuto Fernando Lemos – Gaia trail – 1:33:15, levou a melhor sobre Carlos Veloso – Airórun – 1:34:10, com Paulo Oliveira – Oralklass Amigos do Trail – 1:34:43, obtreve o 3º lugar.

Pódio Masculino Trail Curto

Em femininos venceu Paula Sofia Soares – Gaia Trail – 1:01:37, em 2ª Maria Areias – Oralklass Amigos do Trail – 1:59:06 e Maria Gonçalves – Oralklass Amigos do Trail – 2:04:48 em 3ª.

Mini Trail / Caminhada 12 km)

A prova da emoção, houve corrida, houve empenho, esforço até à linha da meta, Rui Gomes foi o vencedor com o mesmo tempo do seu colega de equipa Tiago Pinto – Douroconta – 1:01:37, Ricardo Barros – Douroconta – 1:05:01 subiu ao pódio em 3º lugar.

Pódio Masculino Mni Trail

Tania Covas da Costa – .COM – 1:17:37 obteve a vitória, Eunice Sousa – ADA Rio Neiva – 1:20:26, ficou em 2º lugar e o 3º foi obtido por Hortense Tenda – Gaia Trail – 1:22:14

OPraticante.pt

OPraticante.pt esteve representado nos 20 kms por Ana Coelho – 10ª F40 com 2:33:55 e Isabel Barra – 20ª F40 – 2:46:38.

Mais classificações.

Texto: Isabel Barra
Fotos: Amigos da Montanha

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta