Banner superior
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Vasco Ribeiro e Carol Henrique conquistam o Sintra Pro

Vasco Ribeiro e Carol Henrique conquistaram este sábado o Allianz Sintra Pro. Os campeões nacionais em título revalidaram assim os triunfos que já tinham conseguido no ano passado na Praia Grande e ficaram igualmente lançados nas contas da revalidação dos respetivos títulos.

Carol Henrique

Vasco Ribeiro e Carol Henrique revalidaram titulos no Sintra Pro

Após um começo de competição com as meias-finais do Moche Groms Cup, às 10 horas, a prova seguiu a bom ritmo e foi avançando, ronda após ronda, até aos heats decisivos. Antes do começo da fase man-on-man destaque para o facto de Camilla Kemp ter carimbado logo a conquista da Allianz Triple Crown feminina, depois de Gony Zubizarreta ter feito o mesmo, ontem, no lado masculino.

De seguida Camilla eliminou Mafalda Lopes nas meias-finais e juntou-se a Carol Henrique, que já tinha batido Yolanda Hopkins, na final. Com 14,80 pontos contra 10,45, Carol acabou por levar a melhor, alcançando a terceira vitória consecutiva na Praia Grande. Apesar de derrotada na final, Camilla Kemp juntou o triunfo na Allianz Triple Crown à liderança do ranking feminino.

A Praia Grande é um sítio onde treino constantemente no verão”, começou por dizer Carol Henrique após garantir o triunfo na etapa. “Gosto bastante desta onda e da energia que aqui há.
Estive o dia todo na praia, com os meus pais, a minha família e o meu treinador.
Essa sensação de estar em casa é muito boa e ajudou-me bastante.
Esta é a minha primeira vitória este ano na Liga e coloca-me de volta às contas.
Agora, é deixar as coisas acontecerem aos poucos”, frisou.

Sintra Pro
Camilla Kemp

Vasco Ribeiro numa final muito disputada

Já na prova masculina, Vasco Ribeiro teve de superar Pedro Henrique numa final muito renhida para levar para casa a segunda vitória consecutiva no Allianz Sintra Pro, isto depois de ter vencido Pedro Coelho nos quartos-de-final e ainda Tomás Fernandes nas meias-finais. No heat decisivo Vasco somou 13,45 pontos, contra 13,35 de Pedro Henrique, com os resultados finais a serem conhecidos já com os surfistas na areia.

Uma vitória é sempre bom”, começou por referir Vasco. “O início do ano foi complicado, mas, olhando de outra forma, até foi bom, porque deu-me mais vontade de surfar e competir.
Consegui regressar às vitórias e estou a sentir-me bem.
Um pouco cansado depois de ter feito cinco heats hoje (risos).
Mas estou bem”, reforçou.

Com este triunfo Vasco ascendeu à vice-liderança do ranking da Liga MEO Surf 2018, que é liderado por Gony Zubizarreta. No entanto, devido ao facto de Gony ser espanhol, Vasco Ribeiro colocou-se na liderança da corrida pelo título nacional. Na última etapa do ano, em outubro, em Cascais, Vasco parte assim na frente da luta para conquistar o quinto título nacional, o que seria um recorde.

Vasco Ribeiro

Final de Liga muito renhido

Vasco prevê assim um final de Liga muito renhido. “Quantos mais atletas estiveram na luta mais interessante vai ser.
Estamos todos cá para ganhar e espero que seja um final emocionante.
Estão todos a surfar muito bem.
Talvez tenha um pouco mais de experiência que os meus adversários em estar nesta situação, mas a outra etapa é só em outubro e até lá ainda há muito caminho”, salienta.

O dia terminou ainda com a realização da final da primeira de duas edições do Moche Groms Cup do Allianz Sintra Pro. O vencedor desta disputa entre os mais jovens foi Afonso Antunes. Para hoje ficou guardada a segunda edição deste evento.

Para domingo ficaram guardadas as decisões no Groms Cup – realizam-se duas edições nesta etapa – e ainda na Expression Session. Depois disso acontecerá a cerimónia de entrega de prémios.

Texto: ANSurfistas
Fotos: Pedro Mestre/ANSurfistas

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta