Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Antoine Manuel conquista o bronze na Taça de Espanha

Antoine Manuel Launay da DKC conquista o bronze na Taça de Espanha de Slalom, em Pau.

DKC com o seu maior número de sempre de atletas inscritos numa só prova, 57 atletas no campeonato regional de fundo. 7º lugar por equipas.

Antoine Manuel Launay – Darque Kayak Clube

Antoine Manuel Launay conquista o bronze na Taça de Espanha de Slalom

O até agora único atleta olímpico de Viana do Castelo, Antoine, continua a sua preparação para os Jogos de Tóquio/2020, agora a disputar provas como a Taça de Espanha, provas de alto nível onde encontra outros atletas olímpicos.

O atleta deste clube darquense de Viana do Castelo, logrou na sua primeira prova da época subir ao pódio e conquistar a sua primeira medalha internacional de 2020, o bronze na Taça de Espanha de Slalom, pelas corres da selecção nacional portuguesa.

De realçar que esta competição contou com dois espanhois medalhados no campeonato do mundo de slalom 2019, onde o Antoine Manuel alcançou a vaga olímpica.

Campeonato Regional de Fundo

Por seu turno os atletas de fundo da DKC foram colorir o campeonato regional de fundo, para preparação do campeonato nacional da especialidade.

A Darque Kayak Clube contou com a inscrição recorde com o seu maior número de atletas presentes numa só prova, 57 atletas de praticamente todas as categorias em disputa.

Deu bem conta de si, a aferir os atletas que vão disputar o campeonato nacional e a Taça de Portugal de Tripulações, com classificações interessantes, dos atletas que terminaram a prova para a disputa dessas competições.

Equipa da Darque Kayak Clube

 

Coletivamente a DKC alcançou o 7º lugar com 1.065 pontos, a subir um lugar relativamente à época passado. O CNP Lima a sagrou-se vencedor, com 4.056 pontos, seguido no pódio das equipas do CN Prado – 3.184 pontos e GCDR Gemeses – 3015 pontos.

A DKC também colocou um atleta de paracanaogem, tendo assistido a uma situação no mínimo caricata, desproporcional e chocante, com a FPC a permitir e apoiar uma competição de um atleta que tem deficiência motora com 11 anos a disputar prova com um atleta sénior de 19 anos sem qualquer deficiência motora, mas uma deficiência mental moderada.

Nunca visto! A somar a isto a não classificação de atletas cadetes que cortaram legitimamente a meta. A DKC estreou perto de uma dezena de novos atletas nesta competição.

Visualize também Slalom de pequenino é que se torce o pepino.

Texto / Fotos: Darque Kayak Clube

 

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta