Liliana Cá líder mundial do ano a 62 cm da qualificação

Liliana Cá venceu o disco em Leiria com 62,88 metros, ficou a 62 centímetros da marca de qualificação para os Jogos Olímpicos, e cimentou a sua posição de líder mundial do ano!

Não defraudou a primeira etapa das Jornadas de Lançamentos, em Leiria, no Centro Nacional de Lançamentos, com uma prova de lançamento do disco de grande nível, com duas atletas acima dos 60 metros.

Texto: Federação Portuguesa de Atletismo

Liliana Cá

Liliana Cá a 62 centímetros de Tóquio 2021

A vencedora foi a atleta Liliana Cá (Novas Luzes), que conseguiu a marca de 62,88 metros no seu único ensaio válido!

Esta marca, recorde pessoal da atleta, deixou-a a 62 centímetros da marca de qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio e deixa-a na liderança do ranking mundial do ano.

Na mesma competição, Irina Rodrigues (Sporting), lançou a 60,73 metros, e é assim a segunda melhor atleta mundial do ano.

Nas restantes provas femininas, o peso também conheceu um bom nível, com triunfo de Jessica Inchude (Sporting) com 17,26 metros, derrotando Francislaine Serra (Sporting de Braga), com 16,62 m, e Eliana Bandeira (Benfica), com 16.24 m.

No martelo, Inês Florêncio (J. Vidigalense) lançou a 42,87 metros e no dardo a melhor foi Bárbara Bica (CS Gaia), com 40,87 metros.

Nas provas masculinas, destaque para Leandro Ramos, do Benfica, que lançou o dardo a 73,18 metros (num excelente concurso, com mais quatro lançamentos acima de 70 metros: 70,12, 72,17, 73,16, 70,58, X, 73,18);

Edujose Lima (Sporting, foi o vencedor do lançamento do disco, com a marca de 55,05 metros;

No martelo, triunfo de António Vital e Silva (Benfica), com 67,10 m, à frente de Ruben Antunes (Sporting), que lançou a 66,31 m;

Daniel Santiago (Sporting), foi o vencedor do lançamento do peso, com 15,98 m.

Tiago Pereira terceiro em Metz

Entretanto, Tiago Pereira esteve em competição no Meeting de Atletismo de Metz (França), participando na prova de triplo salto, onde terminou em terceiro lugar com a marca de 16,08 metros.

O sportinguista viu o vencedor, o cubano Andy Diaz, saltar 17,06 metros.

Parceiros

Deixe uma resposta