Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Pedro Ferreira vence a Corrida da República

Dia 5 de outubro, feriado nacional onde se celebra a implantação da República e como tal nada melhor que se celebrar a data com uma prova que faz jus ao nome a Corrida da República.

A Corrida da República aconteceu esta quinta-feira em Rio Tinto e foi uma organização da EventSport e da Junta de Freguesia de Rio Tinto, num evento que foi mais um inserido nas celebrações de Gondomar Cidade Europeia do Desporto 2017.

A integrar a manhã desportiva estava uma corrida competitiva de dez quilómetros e a tradicional caminhada de cinco quilómetros para aqueles que pretendiam apenas desfrutar da paisagem e conviver.

Prova com percurso exigente e desafiador

A corrida da República aconteceu num percurso de ida e volta na conhecida Avenida da Conduta que faz a ligação entre Rio Tinto e Gondomar.

Para os atletas mais conhecedores da área o percurso não apresentaria surpresas, mas para os que fossem de fora certamente iriam ficar surpreendidos pelo trajecto da prova.

O percurso apresentava-se exigente e seria um desafio para os atletas pois tinha um perfil de sobe e desce constante e com longas rectas.

Para se fazer um bom registo seria necessário saber gerir bem as forças ao longo do percurso.

O facto de a prova se desenvolver num ida e volta não permitia que os atletas caíssem na monotonia de correr numa grande via pois havia um apoio mútuo entre os atletas que faziam os percursos.

Vencedores

Pedro Ferreira vence de forma categórica no sector masculino

A corrida da República teve como grande vencedor Pedro Ferreira com um tempo final de 32:41 minutos.

O atleta do Sport Lisboa e Benfica dominou toda a prova a seu bel-prazer e no retorno para a meta já dominava a prova de forma isolada e com grande vantagem.

A completar o pódio ficou Sérgio Sousa do ACD São João da Serra (34:56) e Paulo Reis do Sport Club de Espinho (36:00).

Mariana Castanheira triunfa no sector feminino numa disputa até final

A competição na vertente feminina da prova foi mais animada do que no sector masculino.

Na verdade, as três primeiras classificadas ficaram separadas por apenas trinta e seis segundos.

A grande vencedora da prova foi Mariana Castanheira do Maia AC com um tempo final de 41:12 minutos. Completaram o pódio Diana Sousa do Centro Ciclista de Gondomar (41:26) e Catarina Vieira do Sport Lisboa e Benfica (41:48).

A prova teve prémios para os vários escalões etários masculinos e femininos

Os vencedores nos escalões masculinos foram Pedro Ferreira (SEN), Paulo Rocha do Runriver-Escola de Atletismo de Rio Tinto (VET 35), Rui Pedro Ferreira Alves (VET 40), Sérgio Sousa do ACD São João da Serra (VET 45), José Mota do Nascidos para Correr (VET 50), José Cabral (VET 55) e António Graça do Nascidos para Correr (VET 60).

No sector feminino, as vencedoras foram Mariana Castanheira do Maia AC (SEN), Sofia Pimenta do LION RUNNERS – G. D. Leões da Guarda (VET 35), Susana Coelho do Nascidos para Correr (VET 40), Claudia Pimparel do Shots International Runners (VET 45), Etelvina Rocha do Nascidos para Correr (VET 50), Ana Maria Barbosa do Invicta Runners Team (VET 55) e Adelaide Veludo do Amigos Quinta das Freiras (VET 60).

Na classificação por equipas, a grande vencedora foi a Nascidos para Correr. Na segunda posição ficou o ACD São João da Serra e na terceira posição a Friends`s Run.

Equipa OPraticante.pt volta a subir ao pódio

A equipa OPraticante.pt esteve presente na corrida da República com dois atletas e obteve um pódio.

Filomena Correia ficou na segunda posição na categoria de Veteranas 60. Nuno Fernandes foi o outro atleta da equipa e terminou a prova com um tempo final de 56.17 minutos.

Corrida da República foi um sucesso na sua organização

O ultimo evento promovido pela EventSport, a Corrida do Porto de Leixões ficou marcada por alguns problemas eléctricos, mas desta vez em Rio Tinto tudo decorreu em grande nível.

A partida e a chegada da prova aconteceu no Largo do Mosteiro junto à igreja de Rio Tinto e de facto o largo estava bem composto e preenchido por todas as valências que uma prova de nível exige, guarda-roupa, WC`s, stands de patrocinadores, simpatia do staff presente e sobretudo grande animação que foi sempre transmitida pelo speaker da prova e pela instrutora que realizou o aquecimento.

A prova decorreu sob condições climatéricas perfeitas para a corrida com uma temperatura amena e num céu encoberto.

Mesmo não estando calor, a organização disponibilizou três abastecimentos de água ao longo do percurso (Km3, Km6 e Km7) e um bom abastecimento final com água, fruta, barra energética e bebida energética no stand do patrocinador da prova.

Nota de destaque

No decorrer da prova nota de destaque para três factos que foi possível observar.

As autoridades fizeram um excelente trabalho a isolar o percurso e a controlar o trânsito que por vezes se intrometia na estrada pois esta tinha na sua passagem um grande número de rotundas.

A existência de espaços coletores para as garrafas vazias o que é sempre de enaltecer a nível ambiental e finalmente para a quilometragem da prova que estava bem visível e em todo o percurso.

No final da prova e já com a medalha em mãos temos de destacar mais um excelente trabalho da Oficina das Medalhas que apresentou uma grande medalha para esta prova.

Não se pode apontar nenhuma falha grande na organização da Corrida da República.

Realizou-se também uma caminhada paralela à corrida

 

Visível o apoio do público

Mesmo a nível de publico e tendo a prova decorrido numa grande via como a Avenida da Conduta nos locais com estabelecimentos comerciais foi visível o apoio de quem estava a assistir à prova.

A IV Corrida da República teve um total de 420 finalizadores, uma queda em relação aos 485 da prova do ano transacto o que é uma pena pois é uma prova com grandes condições para os atletas e com um percurso aliciante a atletas que gostam de ser testados.

Contudo não se pode deixar de notar que o facto de a prova ter decorrido durante a semana e no próximo fim de semana acontecer mais uma prova EventSport na Maia com a IV Corrida Fernanda Ribeiro e ainda a Meia Maratona de Ovar o que poderá ter influenciado negativamente a presença de atletas.

Visualize mais fotos efectuadas por objectiva em movimento aqui e na página do evento.

Texto: Nuno Fernandes
Fotos: Evensport / Objectiva em movimento /

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta