Banner superior
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Sem Limites Trail, paixão pela natureza, pelo trail

Sem Limites Trail, é uma organização da Associação Fridão Sem Limites, com o apoio da Câmara de Amarante, das juntas de freguesia de Fridão, Rebordelo, Vila Chã, e pela união de freguesias de Olo e Canadelo, e o apoio de OPraticante.pt como média do evento, a realizar em 20 de outubro 2019, contando com três distancias, 28 km ( Taça de Portugal de Trail ), 16 km e uma caminhada de 10 km.

Foto: Luís Matos

Sem Limites Trail é o sonho

O Sem Limites Trail é o sonho a concretizar de um grupo de atletas apaixonados pelos trilhos de Amarante, pela Natureza e pelas suas gentes.

A Associação Fridão Sem Limites é uma pequena associação da freguesia de Fridão, concelho de Amarante, com cinco anos de existência e que tem como vertentes desportivas as modalidades de Trail e de BTT

Foto: Nuno Faria

Será a primeira edição de um evento, que pretende dar a conhecer uma região, a sua deslumbrante beleza paisagística, a cultural e património da Serra da Meia Via, mais propriamente do Vale do Rio Olo com suas aldeias, e as suas gentes.

A Serra da Meia Via é um contraforte da grande Serra do Marão, com altitude de 241 metros, que se situa entre os cursos de convergentes do Rio Olo e do rio Tâmega, e abarca os territórios das freguesias de Canadelo , Olo Rebordelo e Fridão.

Foto: Ricardo Aires

O Rio Olo local de passagem da prova, nasce em lamas de Olo, distrito de Vila Real e desagua a jusante da Ponte do Borralheiro, na margem esquerda do Rio Tâmega

Durante este percurso banha território das freguesias de Rebordelo, e Fridão na margem direita e território das freguesias de Canadelo/Olo e Vila Chã do Marão na margem esquerda, todas pertencentes ao concelho de Amarante.

Foto: António Alves

Uma grande imponência e beleza ímpar

Ao longos dos vários percursos, os atletas irão percorrer vários locais do vale do Rio Olo, passando por cinco aldeias (Fridão, Rebordelo, Canadelo, Olo e Vila Chã) que ladeiam o Rio, desta forma os participantes ficarão a conhecer aldeias pitorescas e locais outrora de grande relevância para estas gentes, assim como zonas de uma grande imponência e beleza ímpar.

Foto: Matias Novo

De destacar no percurso a passagem pelas Minas Vieros, Moinhos e poldras do Rato e Moinho das Laranjeiras, Ponte da Guine, ponte metálica de Canadelo, Alto das Cristas , assim como o Canal e Central Hidroelétrica e sua Barragem, sonhada em 1912 pelo então Presidente da Comissão Executiva Municipal Republicana, Dr. António do Lago Cerqueira e que veio a fazer de Amarante, uma das primeiras localidades iluminadas por energia elétrica em 1918.

Foto: António Alves

Este evento desportivo irá marcar os atletas pela beleza dos seus trilhos e qualidade dos mesmos.

Grande parte do percurso será efetuada em trilhos maioritariamente técnicos (singletracks) mistos em diversidades de terrenos ( margens de rio, zona de carvalhos, zona de mimosas, antigos caminhos de lavradores, caminhos de acesso a antigas minas, um antigo canal de pedra etc), com uma grande diversidade de elevações.

Conheça mais desta Associação  e do seu trabalho.

Foto: António Alves

Foto de capa da autoria de Matias Novo

Inscrições.

Página do evento.

Página do evento em OPraticante.pt.

Página da organização sem limites trail.

Texto: Associação Fridão Sem Limites
Fotos: António Alves / Luís Matos / Matias Novo / Ricardo Aires

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta