Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Stefan Küng vence crono e Pogačar reforça comando

O suíço Stefan Küng (Groupama-FDJ) conquistou ontem a terceira etapa da Volta ao Algarve, um contrarrelógio de 20,3 quilómetros, em Lagoa. O esoloveno Tadej Pogačar (UAE Team Emirates) reforçou o comando da geral individual com o quinto posto na etapa.

A luta pela etapa foi emocionante, com os quatro primeiros a acabarem separados por menos de dez segundos. O campeão suíço de contrarrelógio, Stefan Küng foi o mais forte de todos, concluindo a exigente prova, num terreno ondulado, técnico e batido pelo vento, em 24m33s, à média de 49,613 km/h.

stefan
Stefan Kung

Stefan Küng “É a primeira corrida do ano”

Fiz este contrarrelógio na Volta ao Algarve do ano passado e isso deu-me alguma vantagem, pois conhecia o percurso e sabia onde fazer mais esforço.
Tive um início algo conservador, mas, depois de estabelecer o meu ritmo, insisti e acabei por fazer a diferença no final.
É a primeira corrida do ano e, por isso, é a primeira vez que nos comparamos com os outros.
É uma altura de ajustes.
Estou numa nova equipa e durante o Inverno trabalhamos bastante para ajustar todos os detalhes e por isso é muito positivo vencer neste primeiro teste”, explicou Stefan Küng.

O dinamarquês Søren Kragh Andersen (Team Sunweb) confirmou as expectativas de que estaria na discussão do contrarrelógio, conseguindo o segundo melhor tempo, apenas a 2 segundos do vencedor. O campeão belga de fundo, Yves Lampaert (Deceuninck-Quick Step) fechou o pódio da jornada, com mais 5 segundos do que o vencedor. A 8 segundos de Küng colocou-se o campeão irlandês de contrarrelógio, Ryan Müllen (Trek-Segafredo).

Tadej Pogacar

Tadej Pogačar continua no topo da geral

O esloveno Tadej Pogačar mostrou consistência para ser considerado o mais sério candidato à vitória na 45.ª Volta ao Algarve. Completou o contrarrelógio em 24m50s, no quinto posto, ganhando tempo a toda a concorrência direta na luta pela Camisola Amarela Turismo do Algarve.

Tadej Pogačar continua no topo da geral, mas agora com uma margem confortável de 31 segundos sobre Enric Mas (Deceuninck-Quick Step) e com 36 segundos à melhor sobre Søren Kragh Andersen, segundo e terceiro, respetivamente. A batalha pelo pódio prevê-se animada até às pedaladas finais, uma vez que há mais dois homens, ambos da Team Sky, a menos de um minuto do comandante, Wouter Poels, a 37 segundos, e David de la Cruz, a 57. Amaro Antunes (CCC Team), décimo da geral, a 2m43s, é o melhor português.

A Camisola Azul Águas do Algarve, de melhor trepador, e a Camisola Branca 120 Anos FPC, de melhor jovem, também são envergadas pelo esloveno Tadej Pogačar, de 20 anos.

Tadej Pogacar, Stefan Kung e Fabio Jakobsen

“Estou muito satisfeito” Tadej Pogačar

Estou muito satisfeito.
Sentia-me confiante mas não esperava reforçar a liderança.
Fiz um bom contrarrelógio, fui bem orientado no esforço pelo meu diretor desportivo e consegui um excelente resultado.
Agora estou com a camisola amarela e com o apoio da minha equipa vamos tentar protegê-la até ao fim”, resumiu Tadej Pogačar.

O holandês Fabio Jakobsen (Deceuninck-Quick Step) continua em posse da Camisola Vermelha Cofidis, dos pontos. A Team Sunweb comanda por equipas.

A quarta etapa da Volta ao Algarve corre-se neste sábado. Prevê-se uma oportunidade para os sprinters, em Tavira, ao cabo dos 198,3 quilómetros, que se iniciam em Albufeira, às 12h00.

Rosa Mota pedala na Volta ao Algarve

O sábado velocipédico começa com a Volta ao Algarve Feminina, um passeio de 13 quilómetros, exclusivamente para mulheres, que se realiza em Albufeira. A campeã olímpica Rosa Mota vai ser uma das participantes nesta iniciativa que tem como principal objetivo estimular a prática de atividade física pela população feminina. São esperadas cerca de cem participantes.

Texto / Fotos: União Velocipédica Portuguesa – Federação Portuguesa de Ciclismo

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta