Suécia derrota Portugal, sonho mantêm-se

suécia

Heróis do Mar realizaram o seu terceiro encontro, do Grupo B, desta estreia Olímpica, frente à Suécia, que terminou com uma vitória nórdica, por 29-28.

Visualize também 

Medalha nos Jogos, a ambição da seleção Nacional de andebol

Texto: Federação Portuguesa de Andebol

O sonho de Portugal mantém-se apesar de derrotado pela Suécia

André Gomes inaugurou o marcador, em Tóquio, no que culminou num parcial de três golos sem resposta da formação sueca.

No entanto, à passagem dos 6 minutos, os nórdicos já tinham reposto a igualdade a três golos, passando consequentemente para a liderança.

Paulo Pereira, Selecionador Nacional, pede time-out para lançar o sistema 7×6, quando o placar marcava 5-4, perto dos 10 minutos do encontro.

Portugal consegue então passar para o comando, através de Daymaro Salina e Miguel Martins, com a ajuda ainda de Gustavo Capdeville que parou Hampus Wanne na conversão de um livre de 7 metros.

Aos 15 minutos, a Suécia voltou a igualar o encontro a 8 golos.

Seguiram-se empates sucessivos até que Portugal acertou na defesa e voltou a marcar três golos sem resposta, colocando o resultado a 10-13, levando a Suécia a pedir time-out.

Os nórdicos acabaram por voltar a empatar a partida e as equipas saem para o descanso com 14-14 no placar.

No segundo tempo, as formações regressaram bastante equilibradas mas com cinco minutos volvidos, Portugal seguia com dois golos de vantagem (16-18).

No entanto, a Suécia acabou por voltar a chegar ao empate, minutos mais tarde, passando consequentemente para a liderança (20-18).

Os nórdicos mantiveram-se com uma ligeira liderança, até aos 50 minutos de jogo, altura em que o placar assinalava 25-24 mas acabaram por disparar para com um parcial de 3-1 (27-24).

Num final de jogo de cortar a respiração, Portugal tem bola para chegar ao empate mas acaba por não conseguir concretizar e sai derrotado por 29-28.

suécia

Miguel Martins, Alexis Borges e André Gomes foram os melhores marcadores, com 4 golos cada.

Parceiros

Deixe uma resposta