Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Passeio Clube Campismo e Caravanismo de Torres Vedras

Passeio de tradição, e muita animação no 10º convívio cicloturistico do Clube de Campismo e Caravanismo de Torres Vedras.

Convívio cicloturistico do Clube de Campismo e Caravanismo de Torres Vedras

Terminamos o mês de julho, com mais um grande passeio, desta vez fomos até Torres Vedras, mais propriamente o Parque de Campismo de Santa Cruz, onde por terras do tão malogrado Joaquim Agostinho, participamos no 10º convívio cicloturistico do Clube de Campismo e Caravanismo de Torres Vedras, numa organização do mesmo, um evento do calendário da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB).

A concentração ocorreu pelas 8 horas, sendo a partida dada pouco passava pelas 9 horas, pela frente 55 quilómetros para percorrer pelo concelho, num percurso de dificuldade média, com alguns sobe e desce pelo caminho, com passagem por; Póvoa Penafirme, Breijas, Silveira, Ponte do Rol, Torres Vedras, Retiro da Ribalta, Fonte Grande, Bombardeira, Boavista, Póvoa Penafirme, e Parque de Campismo, ondes os participantes deram no início e no final, uma volta de cumprimentos a todos.

Equipa Organizadora

Olhando o evento do Clube de Campismo e Caravanismo de Torres Vedras :

Com um domingo de temperatura amena, sem muito calor, e propicio a pedalar, o evento decorreu sem dúvida muito bem, com a organização a manter a velocidade controlada, com a equipa da casa sempre na frente do longo pelotão, que juntou cerca de centena e meia a pedalar.

Os locais de passagem sem dúvida muito bonitos, o trajeto apesar de não ser totalmente plano, alguma inclinação, foi superada pelos participantes, os quais ocorreram a este passeio, oriundos de Marinhais, Cascais, Mafra, Montijo, Moita, e de Lisboa, existindo ainda nestas pedaladas uma paragens, onde os amantes das bicicletas foram brindados por um abastecimento composto por laranjas e água.

Temos de referenciar neste passeio uma excelente organização, um trabalho excelente feito pelos batedores da GNR de Torres Vedras, e a boa colaboração de todos os cicloturistas, que pedalaram corretamente na estrada, chegando ao final sem acidentes.

Passagem pela estatua de Joaquim Agostinho, lugar onde nasceu

O final

No final, existiu um grande almoço de confraternização entre todos os participantes, acompanhantes, e amigos, com a presença de toda a organização e seu Staff, com uma boa sopa, seguido de um muito apetitoso arroz de feijão, e um suculento porco no espeto, que deliciou todos os participantes.

Em final de convívio, foi tempo da organização dar uma palavras a todos os presentes, relembrando um elemento perdido este ano em janeiro por falecimento, onde foi feito um minuto de silêncio, seguindo a entrega de lembranças a todos os participantes, deixando um até para o ano, na 11ª edição, num passeio que muito promete.

Da nossa parte também prometemos marcar presença em 2019, até lá ficam os votos de bons passeios, boas pedalas, e fazemos agora um pequeno interregno de paragem do calendário, voltaremos a 19 de agosto, desta vez no Afonsoeiro, Montijo.

Mais fotos Aqui.

Texto e fotos: José Morais

 

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta