Avelar Sunset Trail

O Avelar Sunset Trail é uma prova de Trail diferente da maioria que são organizadas.

Avelar Sunset Trail

Este evento quer juntar várias vertentes: desporto, convívio, solidariedade, festa e integração das gentes que são do Avelar (em festa) com o visitantes / participantes na prova de corrida e caminhada.

 

Será a 2 de Setembro pelas 18h30.

Para isso, a Comissão de Festas Nossa Senhora da Guia e a ExperTree estão juntos na preparação de um evento, integrado, e justamente inserido nas Festas da Freguesia de Avelar, concelho de Ansião no enorme distrito de Leiria.

A prova de trail terá 14km com 400 metros de acumulado positivo e a Caminhada cerca de 8km.

As inscrições fazem-se aqui, até 29 de Agosto.

Segundo a organização é uma prova que vale a pena pelo bonito Pôr-do-Sol que se vai observar e também pelo facto de ser uma distância e desafio à altura de todos os níveis de praticantes e atletas da modalidade.

Para além disso, o Avelar fica a um passo das localidades vizinhas.

Avelar

Avelar é uma freguesia portuguesa do concelho de Ansião.

Avelar é referido pela primeira vez no ano de 1137, como Avellaal, num foral concedido a Penela por D. Afonso Henriques.[1]

Embora seja uma das mais pequenas freguesias, a sua sede – a vila do Avelar – é um dos grandes aglomerados urbanos do concelho, com grandes tradições no que respeita à indústria têxtil (actualmente em acelerado declínio).

O Pelourinho de Avelar e a Igreja de Nossa Senhora da Guia são dois bons exemplos do património arquitectónico local.

A igreja, que esteve na base de uma das romarias mais concorridas da região centro do país, chegando a juntar cerca de 40 mil visitantes, no passado.

Graças às avultadas esmolas oferecidas pelo povo à imagem de Nossa Senhora da Guia, foi fundado nos finais do século XIX, o Hospital de Nossa Senhora da Guia, que ainda hoje se encontra em actividade, sendo um dos mais conceituados estabelecimentos de saúde do Interior Norte do Distrito de Leiria.

No largo da Igreja, pode admirar-se o Forno, que terá origem medieval.
Este forno, antigamente, estava ligado às Festas de Nossa Senhora da Guia.

Nesses dias era aceso, havendo um senhor (o último foi Teodoro Nunes), que de geração para geração, entrava no Forno bem quente, levando nas mãos a farinha para cozer e fazer um bolo enorme, e na boca, para sua protecção, um cravo.

Diz a lenda que, graças à protecção divina, saía ileso.

O bolo era distribuído gratuitamente pela população, que guardavam o seu pedaço na mala da roupa de um ano para o outro com a finalidade de dar sorte.

Até lá, vão treinando!

Parceiros

1 thought on “Avelar Trail e tradições

Deixe uma resposta