Batalha do Vimeiro 1808 correr com o passado

Batalha do Vimeiro 1808

No dia 11 de março de 2018 realizou-se no Vimeiro, concelho da Lourinhã, o I Trail Run alusivo à “ Batalha do Vimeiro 1808 ”, batalha esta travada a 21 de agosto de 1808.

Nessa data e local se defrontaram as forças anglo-lusas comandadas pelo tenente-general Sir Arthur Wellesley e as forças francesas comandadas pelo general Jean-Andoche Junot. A batalha resultou numa vitória para as forças anglo-lusas e determinou o fim da primeira invasão francesa de Portugal.

Esta Iniciativa está enquadrada na agenda do CIBV – Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro para o ano de 2018: “ A Batalha do Vimeiro: 210 anos de História ”.

I Trail Run “ Batalha do Vimeiro 1808 ”

Este Trail Run foi possível devido à organização conjunta do CIBV – Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro, a Junta de Freguesia do Vimeiro, a Associação Cultural e Recreativa do Vimeiro, a Associação RSC de Toledo e a Associação para a Memória da Batalha do Vimeiro.

Este I Trail Run foi composto por uma prova de 20Kms, com nível de dificuldade 3, e uma caminhada de 10 Kms, tendo como Padrinhos Délio Ferreira e Cármen Henriques.

Após uma semana intensa de chuvas e tempestades que assolou o nosso país, o São Pedro fez uma pausa e o tempo melhorou neste domingo, privilegiando-nos com alguns raios de sol, de pouca dura, a alguns chuviscos mas nada que atrapalhasse os atletas.

O Trail começou por volta das 9h30, não sem antes termos direito a um pequeno divertido e contagiante aquecimento e também a um pequeno briefing alertando para a marcação dos trilhos, alguns perigos durante o percurso bem como acerca das regras a respeitar.

Percurso exigente, mas divertido

O percurso foi exigente, divertido, onde ao longo do mesmo fomos presenteados com srs. vestidos com um uniforme que representava os soldados da época, o que levou a que o ambiente ao longo da prova se mostrasse envolvente ao tempo em questão, com voluntários sempre disponíveis e simpáticos, paisagens deslumbrantes desde o mar, gruta, mas difícil com subidas de gatas, rochas, cordas, muita lama e ainda para ajudar íamos literalmente a voar pois o vento era muito forte.

Quanto aos abastecimentos existiram 3, sendo que 2 foram ao longo do percurso e um último no fim da mesmo. Não faltou nada, bastante água, refrigerantes e alimentos que iam desde a batata doce assada aos amendoins, houve um pouquinho de tudo e para todos os gostos.

Falhas apenas existiram nas marcações, que eram feitas com fitas e talvez por causa do forte vento que se fazia sentir, as fitas não existiam em certos sítios, o que levou no nosso caso a que nos perdêssemos por 3 vezes, mas são situações a melhorar num próximo Trail Run.

 

No fim tivemos um belo almoço no Associação Cultural e Recreativa do Vimeiro, onde se encontrava um espaço acolhedor e um menu delicioso, onde não nos faltou nada (sopa, pão, broa, vinho, água, sumos, feijoada, carne de porco á portuguesa, arroz doce e fruta).

No fim do almoço procedeu-se a entrega de prémios, em que os 3 primeiros da geral e os 3 primeiros de cada escalão tanto masculino como feminino, subiram ao pódio para receber os mesmos.

OPraticante.pt com dupla dobradinha

O projecto de O Praticante, fez-se representar pela sua equipa OPraticante.pt constituída por quatro elementos, de salientar a dobradinha das meninas Sandra Rocha e Patricia Vieira, 2ª e 3ª da geral e 2ª e 1ª dos seus escalões, quanto aos cavalheiros David Silva 47º geral / 9º M50 – 4:04;13 e Carlos Figueira 48º geral / 17º M40 – 4:04;28 terminaram e usufruíram do percurso

David Silva, Sandra Rocha, Carlos Figueira e Patricia Vieira em representação de OPraticante.pt junto a figurantes com as fardas da época retratada

Vencedores dos 20km

Masculina

1º Délio Ferreira – Associação de Toledo – 1:41;26
2º Carlos Fonseca – Associação de Toledo – 1:43;17
3º Rúben Cotrim – Dirtrunners – 2:06;00

Délio Ferreira

Feminina

1º Cármen Henriques – Run and Smile – 2:33;06
2º Sandra Rocha – Opraticante.pt – 2:33;36
3º Patrícia Vieira – Opraticante.pt – 2:51;48

Para terminar, vou mencionar uma frase que nos foi dita pela madrinha da prova “Não importa a VELOCIDADE com que corremos… Mas sim a FELICIDADE com que percorremos cada km”, o que é a mais pura das verdades.

 

Parabéns à organização, pois foram excelentes.

 

Texto: Sandra Rocha / Patricia Vieira
Fotos: Organização

Parceiros

Deixe uma resposta