Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Bernardo Pereira de ouro e Micaela Silvestre de prata

A Atlantic Ocean Surfski contou com a participação de cerca de 300 canoístas de 19 países, entre os quais campeões olímpicos e mundiais atraídos pela espetacularidade desta disciplina da canoagem, bem como por mais cerca de uma dezena de portugueses em representação de clubes nacionais, com destaque para Bernardo Pereira e Micaela Silvestre.

Atlantic Ocean Surfski

Esta competição foi uma espécie de preparativo para o Campeonato do Mundo, que, em 2021, se realiza nas Canárias. Antes, já este ano, entre 1 e 6 de setembro, Portugal, nomeadamente Viana do Castelo e Esposende, é palco do Nelo Summer Challenge – Campeonato do Mundo de Canoagem de Mar 2019.

Com 40 quilómetros de extensão, a Atlantic Ocean Surfski foi dividida em três etapas: de La Garita (Arrieta) à Playa Las Cucharas (Costa Teguise), com 17 quilómetros; desde este lugar até El Reducto (Arrecife), com 10 quilómetros; e desde aqui até à Playa Grande (Puerto del Carmen), com 13 quilómetros.

Bernardo Pereira conquistou o ouro

Bernardo Pereira conquistou o ouro na Atlantic Ocean Surfski, Taça do Mundo de Canoagem de Mar, que decorreu em Lanzarote, nas Canárias (Espanha). Com o tempo de duas horas, 35 minutos e 31 segundos, o atleta do Clube Naval da Calheta foi o 1.º classificado na prova de juniores masculinos.

Bernardo Pereira
Bernardo Pereira e Micaela Silvestre

Micaela Silvestre assegurou a prata

Portugal também esteve representado no pódio da competição de juniores femininos, com Micaela Silvestre a assegurar a medalha de prata. A canoísta do Clube Náutico do Litoral Alentejano terminou com o registo de três horas, 12 minutos e 18 segundos.

Na competição de sub-23 masculinos, Henrique Cerqueira (Alhandra Sporting Club) assegurou a 5.ª posição, com a marca de duas horas, 43 minutos e 53 segundos. No escalão de seniores masculinos, João Santos (Clube Naval de Sesimbra) garantiu o 12.º lugar, com o tempo de duas horas, 36 minutos e cinco segundos.

Destaque ainda para David Fernandes, ex atleta da equipa nacional de Velocidade, nesta competição a participar como invdividual, em representação do Clube Naval do Funchal, e que obteve o 12º lugar na classificação em K1 Sénior.

O presidente da Federação Internacional de Canoagem, José Perurena; o seu homólogo da Federação Espanhola, Juan José Román Mangas; e o português Mário Santos, presidente do Comité de Canoagem de Mar da Federação Internacional de Canoagem, assistiram à competição e participaram na cerimónia de encerramento da Taça do Mundo, que repartiu 13.400 euros em prémios, divididos em valores iguais por homens e mulheres.

Página do evento.

Texto / foto: Federação Portuguesa de Canoagem

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta