Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Campeonato do Mundo de Paraciclismo em Portugal

O concelho de Cascais será palco da edição de 2021 do Campeonato do Mundo de Paraciclismo, entre 9 e 13 de junho, anunciou hoje a União Ciclista Internacional (UCI).

As corridas vão realizar-se no Circuito Estoril, esperando-se largas centenas de participantes e de acompanhantes, numa edição especial dos Mundiais, uma vez que, em 2020, devido à pandemia, a competição não se realizou.

taça do mundo

Portugal organiza Campeonato do Mundo de Paraciclismo em 2021

Portugal preparava-se para receber o Campeonato do Mundo em agosto de 2021, mas passagem dos Jogos Paralímpicos para o próximo ano obrigou a uma mudança de planos, que acaba por valorizar a competição que irá disputar-se no concelho de Cascais.

Entre 9 e 13 de junho, os melhores paraciclistas do mundo terão nas corridas do Circuito Estoril uma oportunidade única para competirem ao mais alto nível, preparando-se para os Jogos Paralímpicos, marcados para 24 de agosto a 5 de setembro de 2021.

A bicicleta continua a afirmar-se em Portugal com cada vez mais vigor, e a realização deste evento constituirá uma ocasião histórica para promover a modalidade ao mais alto nível competitivo.
Será também uma oportunidade para estimular a prática desportiva para pessoas com deficiência, celebrando o desporto na sua dimensão mais inclusiva”, considera o vice-presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo e coordenador do Programa Nacional Ciclismo para Todos, Sandro Araújo.

mundial de paraciclismo
Selecção na partida

Mundial de Paraciclismo em Estrada 2019

A Equipa Portugal no Mundial de Paraciclismo foi formada por Luís Costa, na classe H5, Telmo Pinão (Casa do Benfica MMV/APCA Paracycling), na classe C2, Bernardo Vieira, em C1, e Flávio Pacheco (Sporting/Tavira Paracycling), em H4.

Luís Costa completou o traçado de 20,8 quilómetros em 31’28’’59, o que lhe valeu um lugar na primeira metade da tabela, inserido nos dez primeiros, reforçando o estatuto de atleta integrado no projeto paralímpico Tóquio’2020.

Veja o artigo completo sobre a participação portuguesa.

Texto / foto: União Velocipédica Portuguesa – Federação Portuguesa de Ciclismo

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta