Cláudio Loureiro fecha com chave de ouro no Troféu de Enduro BTT Vodafone

Cláudio Loureiro (Team Motor Club de Felgueiras/Nobrand) terminou da melhor forma esta temporada oficial de enduro BTT, ao vencer a prova disputada este domingo em S. Brás de Alportel, garantindo deste modo a vitória no Troféu de Enduro BTT Vodafone, sucedendo assim ao algarvio Ruben Martins (Clube Ana Faro) no palmarés da competição.
Chegando ao Algarve com confortável avanço no comando do Troféu, Loureiro nem necessitava de vencer a prova para garantir a conquista do Troféu. Por isso mesmo, o recente campeão nacional da modalidade, título conquistado há três semanas em Ponte de Lima, nem necessitava de vencer a derradeira prova do calendário e, por isso mesmo, começou de forma bastante cautelosa: «No final da segunda cronometrada e depois de ter adotado uma toada bastante segura, percebi que estava muito próximo dos lugares da frente, decidi arriscar um pouco mais nas duas últimas especiais, o que me permitiu chegar ao comando no final da terceira, para conseguir um tempo na derradeira que me garantiu uma vantagem confortável. Foi o fechar com chave de ouro uma época muito positiva, em que ganhei tudo o que havia para ganhar em termos de enduro», declarou, no final, Cláudio Loureiro.
Ruben Martins terminou na segunda posição, a 10,43s do vencedor, com Guilherme Jesus (Moto Clube de Faro/Xdream/Mun. S. Brás) a fechar os lugares do pódio entre as elites masculinas. Nesta categoria, o pódio do troféu foi assegurado por Cláudio Loureiro, Gonçalo Gaspar e Rodrigo Magalhães.
A líder do Troféu, Ana Raquel Martins (Penacova DH/UD Lorvanense) esteve presente no Algarve, mas uma forte gripe não lhe permitiu alinhar à partida, o que não a impediu de garantir a conquista do troféu na sua categoria, juntando assim mais um triunfo ao seu título de campeã nacional.
Nos Masters 30 seria o campeão nacional Felício Brás (Clube Ana Faro) a conseguir a vitória na prova, com 52,71s de vantagem sobre Rui Couto que, com este segundo lugar, garantiu a conquista do Troféu de Enduro nesta categoria.
Na classe de Masters 40 a situação foi idêntica: o campeão nacional Joaquim Dias (Team Motor Club de Felgueiras/Nobrand) foi o vencedor em S. Brás, mas seria o segundo classificado na prova, Nuno Alvelos, a garantir o primeiro lugar em termos de Troféu.
Nos Masters 50, Paulo Nunes foi o único participante na prova algarvia, garantindo também a conquista do Troféu na sua classe com esta vitória.
Na categoria de juniores, João Silva (Team Motor Club de Felgueiras/Nobrand) confirmou a superioridade evidenciada ao longo do Troféu, chamando a si os triunfos nas duas competições.
Finalmente, Gonçalo Martins (Santa Cruz/Bicicastro) não esteve presente no Algarve, mas não viu a sua liderança em questão, pelo que se impôs entre os Cadetes no Troféu.
O Troféu de Enduro BTT Vodafone teve o apoio da Vodafone, Shimano e Dacia.

 

 
Texto e foto: Fernanda Petronilho/VIVEX

Parceiros

Deixe uma resposta