Cofidis renova patrocínio, e vai criar uma equipa feminina

Cofidis

A Cofidis é uma das mais antigas patrocinadoras do ciclismo profissional, tendo assinado com a equipa do World Tour um novo contrato, estendendo assim o seu vínculo até 2025.

Para alem da renovação, aumentou o orçamento da equipa em mais 1,5 milhões de euros por ano, e anunciou a criação de uma equipa feminina.

Texto: José Morais – Noticias do Pedal
Foto: Facebook Cofidis

Cofidis é uma das mais antigas patrocinadoras do ciclismo profissional

Com 25 cinco anos no mundo do ciclismo, a Cofidis decidiu assim permanecer no pelotão internacional por mais quatro anos, sendo um dos mais longos acordos nesta modalidade, o que permitirá à equipa continuar a progredir, e a desenvolver o seu trabalho ao longo do tempo.

Com este novo contrato, o horizonte agora será maior, começando uma nova fase de desenvolvimento, que irá oferecer mais estabilidade, permitindo à equipa iniciar uma nova era, onde a mesma se esforçará para ser mais ambiciosa, afirmou o diretor geral da equipa, o francês Cédric Vasseur.

Após o anúncio do novo contrato, o Grupo Cofidis vai continuar a apoiar a equipa desportiva de pessoas com deficiência, e começa agora a preparar a nova formação, uma equipa feminina.

Esta equipa feminina será oficialmente lançada a um de janeiro de 2022 na categoria Continental, esperando-se que seja também um projeto a longo prazo, com um orçamento generoso na ordem de um milhão de euros, a fim de poder ser o mais competitiva possível, disse Thierry Vitu, presidente da equipa.

cofidis
Plantel da equipa da Cofidis

Atualmente com um orçamento de 11 milhões, e agora com o aumento de mais 1 milão e meio, dá uma boa verba para poder competir com equipas como por exemplo a Ineos ou a Jumbo-Visma.

A intensão também será o de não fazer parte das primeiras equipas mundiais, já que se está progredindo regularmente, interessa é dar recursos adicionais à equipa, aumentando assim o seu nível de desempenho a longo do tempo, disse Thierry Vitu.

A Cofidis fez um balanço da última época, sobre a participação nas grandes Volta, que considerou muito boa e positiva.

No Tour de França, o francês Guillaume Martin conseguiu um 11º lugar na classificação geral, e na Volta a Espanha ele ganhou a classificação na montanha.

Parceiros

Deixe uma resposta