“Conquistadoras” obtêm o oitavo triunfo consecutivo

Conquistadoras

Numa partida em atraso da 16.ª jornada da Liga Skoiy, as “conquistadoras” o Vitória SC levou a melhor no reduto do Olivais ABTF betão por 64-39.

Texto: Federação Portuguesa de Basquetebol
Foto: FPB – Sportflash

“Conquistadoras” superam Olivais e continuam firmes na perseguição à Quinta dos Lombos

Conquistadoras

Foi o oitavo triunfo consecutivo das “conquistadoras”, que seguem na perseguição à Quinta dos Lombos, líder da prova.

Após um primeiro quarto equilibrado (20-19 para a turma minhota), as “conquistadoras” dispararam no marcador, e graças a parciais de 18-7, 13-11 e 13-2 confirmou um resultado que não deixa margem para dúvidas.

A formação da cidade-berço mostrou supremacia da linha de dois pontos (53% de eficácia contra 20%) e nos ressaltos (33-17), numa noite em que contou com a inspiração de Alexy Mollenhauer (22pts, 14res, 2ast, 1rb), Luiana Livulo (15pts, 8res, 1ast, 2rb) e Tati Pacheco (11pts).

Enquanto nas anfitriãs sobressaiu Milena Santos (9pts, 3res).

conquistadoras

Quinta dos Lombos e CB Queluz foram os primeiros

Quinta dos Lombos e CB Queluz foram os primeiros a entrar em campo.

Numa partida de sentido único desde o apito inicial, a equipa lisboeta dominou de início ao fim e ao intervalo já liderava por 24 pontos.

Depois do descanso a vantagem aumentou para os 28, e quando a buzina soou para o final do encontro, o marcador assinalava 90-52 favorável às líderes do campeonato.

Suraya Rijal (12pts, 3res), Inês Vieira (12pts, 2res, 5ast, 1rb), Carolina Cruz (11pts, 12res, 4ast, 1rb, 2dl), Leonor Paisana (10pts, 8res, 3ast, 1dl) e Beatriz Santos (10pts, 2res, 2rb) foram as mais esclarecidas pela Quinta dos Lombos.

Pelas visitantes, Carolina Duarte (19pts, 2res, 1ast, 1rb) e Djenifer Monteiro (15pts, 9res, 1ast, 2dl) estiveram em destaque.

Conquistadoras

Benfica venceu pela segunda vez consecutiva

No Pavilhão Fidelidade, o SL Benfica venceu pela segunda jornada consecutiva.

Frente ao Olivais ABTF Betão, as “encarnadas” até entraram pior.

O conjunto visitante foi trocando lideranças até aos minutos finais do primeiro quarto, altura em que um triplo de Laura Ferreira deu início a uma sequência de 10-0 que acabou por ser determinante.

Ao intervalo o marcador assinalava 42-31 favorável à equipa da casa, e na segunda parte a toada manteve-se, tendo sigo agravada nos dez minutos finais quando as “águias” limitaram o Olivais a apenas cinco pontos marcados.

O resultado foi uma vitória lisboeta por , com Japonica James (26pts, 6res, 1rb), Joana Soeiro (12pts, 7res, 11ast, 1rb) e Altia Anderson (10pts, 5res, 1ast, 2rb) em evidência.

Na equipa de Coimbra, Teyjah Oliver (12pts, 3res) foi a grande figura.

Sétimo triunfo consecutivo para a União Sportiva

Em Aveiro, o União Sportiva venceu o Galitos/Clínica Dr. Semblano por 80-37, o seu sétimo triunfo consecutivo em todas as competições.

Em mais uma partida com um resultado desnivelado, as açorianas nunca estiveram atrás no resultado e ao intervalo já venciam por 42-24.

No terceiro período conseguiram anular quase por completo a equipa da casa, limitando-as a apenas dois pontos, e no quarto período geriram a sua diferença, chegando aos 43 pontos de vantagem.

Aliyah Mazyck (17pts, 7res, 2ast, 5rb), Nausia Woolfolk (17pts, 4res, 2ast, 6rb), Vânia Sengo (14pts, 2res, 1ast) e Gabriela Paula (12pts, 11res, 1ast, 1rb) lideraram o Sportiva.

Pelo Galitos, Kianna Wynn (8pts, 4res, 1ast) foi a mais esclarecida.

Guifões SC levou a melhor

Na última partida do dia, o Guifões SC levou a melhor sobre o CPN/Imopartner, num jogo com incerteza até aos instantes finais.

Depois de uma entrada forte por parte das visitantes, que no final do primeiro período venciam por cinco pontos, o segundo quarto acabou por ser mais equilibrado, mantendo-se essa diferença pontual quando as duas equipas recolheram aos balneários.

No terceiro quarto a equipa da casa respondeu e chegou à liderança, mas tal não aconteceu sem emoção, com Taneka Rubin e Célia Simões a trocarem lançamentos espetaculares nos segundos finais do período.

À entrada para os derradeiros dez minutos, ambas as equipas procuravam a vitória e assistiram-se a igualdades constantes.

A 41 segundos do fim, Filipa Barros fez o 57-55, e o conjunto do CPN não conseguiu chegar novamente ao empate acabando assim derrotado por 61-55.

Na equipa da casa, Mariana Teixeira (21pts, 6res, 2ast, 1rb), Filipa Barros (13pts, 8res, 3ast, 3dl) e Myriam Ackerman (9pts, 22res, 2ast, 3dl) foram essenciais para a vitória.

Nna equipa de Ermesinde, Martha Burse (21pts, 12res, 3ast, 4rb) e Célia Simões (20pts, 10res, 2ast, 2rb) estiveram em grande plano.

Parceiros

Deixe uma resposta