Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Daniel Pinheiro e Daniela Cunha vencem na Volta a Campanhã

A RunPorto parece que tem um pacto com S. Pedro. Tal como na aconteceu na edição transacta com as previsões a apontarem para mau tempo e com a noite anterior a ser de aguaceiros, a manhã apresentou-se de feição para a prática desportiva e o sol fez-se sentir na 4ª edição da Volta a Campanhã que decorreu este domingo (30) na cidade do Porto com partida e chegada na Av. 25 de Abril.

Carrossel repleto de sobe e desce

A Volta a Campanhã é uma prova única no calendário anual de provas da promotora portuense. Com um percurso de dez quilómetros em autêntico carrossel repleto de sobe e desce pelas ruas deste bairro da zona oriental da Invicta, destacam-se as passagens junto ao Estádio do Dragão, as subidas da Renascença Portuguesa e de São Roque da Lameira bem como duas passagens no Viaduto da Av. 25 de Abril.

Em suma é um percurso muito desafiante aos atletas que pretendem participar nesta prova.

Como habitualmente, a completar a prova principal esteve uma caminhada de sete quilometres que recebeu um grande número de famílias que aproveitaram a manhã de sol para praticarem um estilo de vida mais saudável.

À partida para a prova estavam mais de 350 atletas

Na linha da frente para o tiro de partida destacavam-se as presenças no sector masculino de Daniel Pinheiro e Vítor Oliveira do Maia A.C. e ainda André Silva do Águias de Alvelos.

No sector feminino fazia-se notar a presença da campeã nacional de corta-mato curto Daniela Cunha e de Leonor Carneiro, ambas atletas do Sporting CP.

Recorde-se que Vítor Oliveira e Daniela Cunham tinham sido os vencedores da edição transacta da prova.

Lote reduzido de candidatos à vitória

O lote de candidatos a vencerem a prova era reduzido e isso ficou logo demonstrado à passagem do segundo quilómetro onde o grupo de atletas masculinos mencionados acima, já liderava confortavelmente a prova e tendo somente a companhia do espanhol Rodrigo Ares Mateos da Sergin. No sector feminino, Daniela Cunha destacava-se na sua prova e já liderava isolada as acções.

Na linha de meta, Daniel Pinheiro terminou na primeira posição com 30:37min, seguindo-se Vítor Oliveira (31:20min), ambos do Maia A.C. e André Silva do Águias de Alvelos (31:57min). Na vertente feminina, Daniela Cunha confirmou o favoritismo e venceu com um tempo final de 34:45min seguindo-se Sónia Pinto do Sport Comércio e Salgueiros (35:10min) e Leonor Carneiro (36:37min).

Vencedores por escalões

Por escalões, a prova teve como vencedores no sector masculino, Miguel Miranda (M18), Daniel Pinheiro do Maia A.C. (M20) e Vítor Oliveira do Maia A.C. (M35). No sector feminino Ana Oliveira do Ases Dos Pedais (F18), Daniela Cunha do Sporting CP (F20) e Leonor Carneiro do Sporting CP (F35).

A Volta a Campanhã tem todas as características para ser uma grande prova da cidade do Porto pois apresenta um percurso desafiante, um preço de inscrição relativamente baixo e ainda uma localização bastante acessível em termos de deslocação.

Contudo, não se pode deixar passar em claro o facto de a prova vir a perder atletas desde a sua edição inaugural e é algo a que a promotora certamente estará a par e certamente irá tomar medidas para reverter este cenário.

Outro ponto negativo a apontar à prova foi o facto de as ruas estarem praticamente despidas de público a apoiar os atletas.

Texto: Nuno Fernandes
Fotos: RunPorto

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta