Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Elenco de luxo no regresso do ciclismo à estrada

A Prova de Reabertura, a realizar-se hoje em Sangalhos, Anadia, será disputada por um leque de corredores de primeiro plano, juntando grande parte do elenco das estrelas do pelotão nacional e alguns emigrantes de luxo do ciclismo português.

As equipas portuguesas apresentam-se com alguns dos principais especialistas em contrarrelógio do pelotão interno, corredores capazes de lutar pelo triunfo no exercício individual de 22 quilómetros, com partida no Centro de Alto Rendimento de Anadia e chegada na Rua da Fonte Nova, em Sangalhos.

Elenco de luxo integra estrelas do pelotão nacional e alguns emigrantes

Entre os candidatos das equipas continentais portuguesas estão homens como Alejandro Marque (Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel), Gustavo César Veloso (W52-FC Porto), Rafael Reis (Feirense), Sergei Shilov (Aviludo-Louletano) ou Tiago Machado (Efapel).

A Prova de Reabertura será também uma oportunidade para ver em Portugal quatro corredores do patamar WorldTour, Rúben Guerreiro (EF Pro Cycling), Ivo Oliveira, Rui Costa e Rui Oliveira (UAE Team Emirates), mas também José Neves, especialista em contrarrelógio da ProTeam Burgos BH.

O primeiro corredor a sair para a estrada será Pedro Andrade (Hagens Berman Axeon), às 15h00. Rui Costa fecha a lista de partida, às 16h32.

elenco
Rui Costa

O itinerário inicia-se no epicentro do alto rendimento velocipédico em Portugal, passando por Vale do Estevão, Mogofores, Paredes de Bairro – a terra natal do melhor contrarrelogista nacional, Nelson Oliveira -, Ancas, Amoreira da Gândara e Fogueira, antes do regresso a Sangalhos.

O percurso é essencialmente plano, embora inclua alguns topos que incorporam exigência e quebras de ritmo, equilibrando a balança entre os roladores puros e os contrarrelogistas que necessitam de alguma dureza para fazer a diferença.

Medidas de segurança sanitária reforçadas

A prova irá realizar-se com medidas de segurança sanitária reforçadas face ao que era costume antes da pandemia de SARS-Cov-2.

Os adeptos não terão acesso às zonas reservadas de partida e de chegada, restringindo-se o contacto entre os corredores e elementos externos à “caravana”.

Os entusiastas da modalidade podem, no entanto, assistir ao vivo à corrida, devendo distribuir-se ao longo do percurso, de modo a não criarem grande aglomerados, respeitando as normas sanitárias em vigor no país e o manual de desconfinamento do adepto de ciclismo.

Consulte a lista de inscritos provisória.

Ainda hoje será divulgada, na página da Federação Portuguesa de Ciclismo na Internet, a lista de partida provisória para o contrarrelógio, com os horários de saída de cada ciclista.

Visualize também

Pedalar é vital, Inspira Portugal, iniciativa da FPC

Texto: União Velocipédica Portuguesa – Federação Portuguesa de Ciclismo

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta