ESCOLA DE XADREZ DO PORTO VENCE CAMPEONATO DISTRITAL POR EQUIPAS DE SEMI-RÁPIDAS

Foto: DR

O Agrupamento de Escolas Infanta Dona Mafalda, em Rio Tinto, assistiu a um domínio completo da equipa A da Escola de Xadrez do Porto – Colégio EFANOR no Campeonato Distrital por Equipas de Semi-Rápidas da época 2022/2023, organizado pela Associação de Xadrez do Porto em parceria com o Agrupamento.

Leia também

INFANTA DONA MAFALDA RECEBE CAMPEONATO DISTRITAL DE PARTIDAS SEMI-RÁPIDAS

Fonte: Associação de Xadrez do Porto

Domínio completo das equipas de Matosinhos

Numa prova muito concorrida, onde marcaram presença vinte equipas, envolvendo perto de cem xadrezistas de todas as idades, a equipa de Matosinhos somou seis triunfos e um empate nas sete rondas da competição.

A equipa A do Grupo de Xadrez do Porto foi a única conseguir impedir o registo totalmente vitorioso, ao alcançar um empate na quinta ronda.

Na segunda posição a equipa B da Escola de Xadrez do Porto – Colégio EFANOR, com a equipa constituída por jovens xadrezistas da equipa de Matosinhos, a alcançar um surpreendente segundo lugar.

Seis triunfos e uma derrota, sofrida no embate da quarta ronda, com a equipa A da Escola de Xadrez do Porto – Colégio EFANOR coroaram este resultado.

No degrau mais baixo do pódio ficou a equipa A do “O Amanhã da Criança” com a equipa maiata a terminar com cinco vitórias e duas derrotas.

A sétima e última ronda foi decisiva na luta entre a equipa da Maia e o Grupo de Xadrez do Porto, com os xadrezistas a alcançarem um triunfo na última ronda, tendo assim um melhor desempenho nos critérios de desempate.

Pódio coletivo – Foto: DR

Escola de Xadrez do Porto conquistou pela quinta época consecutiva este título coletivo distrital

A Escola de Xadrez do Porto – Colégio EFANOR venceu assim pela quinta época consecutiva este título coletivo distrital, juntando o triunfo na época de 2022/23 aos títulos das épocas de 2018/2019, 2019/2020, 2020/2021 e 2021/2022.

A edição de 2022/23 teve lugar na Escola Básica Infanta Dona Mafalda em Rio Tinto, tendo o Agrupamento de Escolas expressado a sua abertura para acolher este tipo de competições, reconhecendo as enormes potencialidades da modalidade para a comunidade com um para a formação dos alunos, provendo valores essenciais como o fair-play e a cidadania.

Também a Junta de Freguesia de Rio Tinto esteve a acompanhar a competição através Frederica Armanda, responsável pelo pelouro da Cultura; Lazer e Tempos Livres.

Frederica Armanda realçou a mais-valia desta prova, a qual colocou frente a frente xadrezistas de todas as idades, promovendo também a inclusão de todos, observando-se os mais jovens a competirem com os mais idosos, e com o fomento dos valores de cidadania.

Parceiros

Deixe uma resposta