Estrelas do Surf nacional a caminho da Figueira da Foz

Praia do Cabedelo

É já na próxima semana que as estrelas do surf nacional regressam à ação, na segunda etapa da Liga MEO Surf 2021, a principal competição de surf em Portugal e a que define os títulos de campeões nacionais da modalidade.

Texto: ANSurfistas
Fotos: Jorge Matreno/ANSurfistas

Regresso das estrelas do surf nacional às famosas ondas da Praia do Cabedelo

Depois de em 2020 ter sido o primeiro campeonato de Surf em todo o mundo a seguir ao ‘lockdown’, o Allianz Figueira Pro está confirmado para acontecer de 23 a 25 de Abril, marcando o regresso das estrelas do surf nacional às famosas ondas da Praia do Cabedelo.

Este será o quinto ano consecutivo que a Liga MEO Surf vai até à Figueira da Foz, sendo que em duas dessas temporadas esta etapa foi considerada a etapa do ano, após votação elaborada entre os próprios surfistas.

Depois do triunfo de Frederico Morais e Teresa Bonvalot em 2020, as expectativas são sempre altas para a etapa figueirense.

Carlos Monteiro, Presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz declarou “Temos afirmado a Figueira da Foz como um destino de surf e desportos de praia.

A Liga MEO Surf, além da sua importância e visibilidade nacional e internacional, tem um retorno direto para o tecido económico figueirense, tão importante neste período que vivemos.

Damos as boas vindas à Liga MEO Surf e continuaremos a apostar em eventos de referência que consolidem o nosso Concelho, como um local de excelência para grandes eventos e para a prática do desporto.

Teresa Bonvalot e Frederico Morais – Foto: Jorge Matreno/ANSurfistas

“…transcende as fronteiras da cidade e divulga-a para o mundo…”

A etapa da Liga MEO Surf na Figueira é aquela que habitualmente marca o regresso anual dos grandes eventos de verão.

A repercussão mediática que tem transcende as fronteiras da cidade e divulga-a para o mundo, colocando-a no patamar mais alto dos grandes destinos de surf de competição.” referiu Mafalda Azenha, Vereadora do Desporto e Juventude da Câmara Municipal da Figueira da Foz

Historial de vencedores do Allianz Figueira Pro – Últimos 3 anos:
2020 – Frederico Morais e Teresa Bonvalot
2019 – Gony Zubizarreta e Yolanda Hopkins
2018 – Gony Zubizarreta e Teresa Bonvalot

Após a abertura da temporada na Ericeira, no passado fim-de-semana, a “caravana” da Liga MEO Surf não abranda e segue viagem para o Litoral Centro de Portugal, onde Afonso Antunes e Carolina Mendes vão defender a liderança do ranking conquistada em Ribeira d’Ilhas.

Esta será também a segunda de três etapas do já histórico troféu Allianz Triple Crown, igualmente liderado por Vasco e Teresa.

estrelas do surf

Ivo Cação apresenta-se como uma referência e exemplo para a nova geração figueirense

Esta será uma paragem também muito importante para os surfistas locais, que terão oportunidade de medir forças e evoluir com os principais nomes do surf nacional.

Ivo Cação apresenta-se como um dos competidores mais experientes da Liga MEO Surf e uma referência e exemplo para a nova geração figueirense que procura despontar no surf nacional.

Ivo Cação, top nacional e vencedor das últimas quatro edições do prémio Figueira Best Surfer comentou “Tenho apanhado ondas boas pela Figueira da Foz nos últimos tempos e espero que esteja igual na altura do campeonato.

Fui pai recentemente. São momentos felizes, que me têm ocupado bastante tempo.

Tenho aproveitado o pouco tempo livre para surfar.

Basicamente, agora o meu tempo é dedicado a estas duas coisas, ao surf e à família.

É muito importante para mim ter uma etapa na Figueira da Foz, onde posso surfar em casa.

Gosto muito de competir, seja onde for, mas fazê-lo na Figueira é sempre especial.

Já estamos habituado ao mar, às pessoas e a todas essas coisas.

As condições têm estado a mudar nas últimas semanas e é expectável que tenhamos boas ondas para o campeonato.” as declarações de Matilde Lima, jovem promessa da Figueira da Foz

Allianz Figueira Pro 2020 em números:
– Campeões da Etapa: Frederico Morais e Teresa Bonvalot;
– 1003 ondas surfadas por 95 surfistas inscritos;
– Melhor onda (máximo 10 pontos): Luís Perloiro e Tomás Fernandes, 9 pontos, ambos na ronda 3;
– Melhor pontuação (máximo 20 pontos): Frederico Morais, 17,15 pontos, na final

Parceiros

Deixe uma resposta