Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Europa de corta-mato, Portugal conquista três medalhas

Seniores femininos, sub20 masculinos e Mariana Machado (sub20) foram os autores desta conquista nos Campeonatos da Europa de corta-mato, que não sucedia desde 2013!

Portugal mostrou a sua valia nos 26ºs Campeonatos da Europa de corta-mato

Portugal conseguiu mostrar a sua valia nos 26ºs Campeonatos da Europa de corta-mato, competição realizada no Parque da Bela Vista, em Lisboa, num percurso difícil, que juntou numeroso público, que se constituiu como o tónico especial para a atuação portuguesa.

Europa de Corta-mato
Sub20 conquistaram o bronze coletivo

Sub20 conquistaram o bronze coletivo nos 26ºs Campeonatos da Europa de corta-mato

A primeira medalha da prova surgiu logo na prova de abertura, com a equipa de sub20 a conquistar o bronze coletivo, contribuindo para isso um excelente Etson Barros, que terminou em 4º lugar bem honroso, após um sprint final rapidíssimo. Com Duarte Gomes em 14º e Miguel Moreira em 21º, o pódio ficou muito perto, a um escasso ponto da Noruega, segunda classificada. Desde 2011 que a equipa não subia ao top’10!

Mariana Machado conquistou a segunda medalha

Mariana Machado conquistou a segunda medalha para Portugal

Logo na corrida seguinte surgiu a segunda medalha, esta individual, através de Mariana Machado, que esteve excelente, cumprindo todas as expetativas de luta pelo pódio. No final da corrida a portuguesa foi terceira classificada, vendo a italiana Nadia Battocletti obter o seu segundo título consecutivo.

Com as boas corridas de Lia Lemos (18ª) e Bárbara Neiva (34ª), Portugal obteve um honroso 5º lugar coletivo.

Europa de Corta-mato

A terceira medalha surgiu com as seniores femininas

A terceira medalha surgiu na última prova do programa, as seniores femininas. Com apenas três elementos, a equipa portuguesa contou com Dulce Félix (8ª), regressando ao top’10 (já não competia desde 2013), com Salomé Rocha, que repetiu o 10º lugar de 2014, e fechou com uma excelente Susana Francisco com 25º posto, lutado e sofrido, que garantiu a medalha de bronze para Portugal.

Europa de Corta-mato
Trio feminino que proporcionou a terceira medalha

As restantes provas dos 26ºs Campeonatos da Europa de corta-mato

De uma forma geral as equipas portuguesas estiveram em grande nível, com a estafeta mista em 6º lugar, na primeira metade da tabela. E

Das 33 presenças individuais, 16 atletas classificaram-se na primeira metade, com destaque para os seniores (6 em 9) e juniores (7 em 12), apenas falhando os sub’23 (apenas 3 em 12), sendo que dos atletas presentes na poroiva de observação de há duas semanas, a esmagadora maioria melhorou os seus registos.

No medalheiro, Portugal foi 14º, superando Espanha (apenas duas medalhas de bronze) e Alemanha (uma de bronze), nomeadamente. A Grã-Bretanha dominou, com cinco medalhas de ouro e uma de bronze (em sete pódios coletivos só falhou o dos sub’23, sendo 4ª!).

Regressando à estafeta, boa prestação dos portugueses, com Salomé Afonso a entregar o testemunho em 4º lugar, seguindo-se Paulo Rosário (6º), com Patrícia Silva a manter o 7º e com Luís Monteiro a subir finalmente para 6º).

Nos sub23 destaque para Alexandre Figueiredo, o melhor nos homens, e Manuela Martins, que melhorou de 59ª há um ano para 26ª. Coletivamente, Portugal foi 13º (entre 15 equipas) nos homens e 9º (entre 11) nas mulheres.

Quanto à equipa masculina, conseguiu a sua melhor classificação desde 2011, com um honroso 7º lugar, para o qual contribuíram André Pereira (21º), Miguel Marques (29º) e o estreante Luís Saraiva (31º).

Sara Moreira recebeu medalha de 2012

Sara Moreira recebeu medalha de 2012

Entretanto, Sara Moreira recebeu a medalha de prata referente à prova de 5000 metros dos Campeonatos de Helsínquia, em 2012.

Visite a página oficial da competição e a página da Associação Europeia.

Texto / Fotos: Federação Portuguesa de Atletismo

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta