Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Francisco Belo e Patrícia Mamona destacaram-se

Francisco Belo e Patrícia Mamona conseguiram os melhores resultados da segunda jornada dos Campeonatos de Portugal em pista coberta, que decorreram em Pombal, na pista colocada na Expocentro.

Ele obteve a melhor marca da segunda jornada dos Campeonatos de Portugal em pista coberta, ela conseguiu a melhor marca feminina e recorde dos campeonatos no triplo-salto

Francisco Belo
Francisco Belo

Francisco Belo conseguiu a melhor marca

O benfiquista Francisco Belo triunfou no lançamento do peso com a marca de 20,47 metros, obtendo o seu segundo título consecutivo, derrotando o seu colega de equipa Tsanko Arnaudov (20.25).

Patrícia Mamona

Patrícia Mamona, melhor marca feminina e recorde dos campeonatos.

Já a sportinguista Patrícia Mamona entrou determinada para conquistar o seu sétimo título, e conseguiu logo um recorde dos campeonatos (14,14), que viria a melhorar mais duas vezes (14,30 e 14,31). Atrás dela, com 14,09 metros ficou a anterior recordista, Susana Costa (Academia Fernanda Ribeiro).

João Vitor Oliveira recorde nos 60 m barreiras

O outro recorde dos campeonatos surgiu nos 60 m barreiras masculinos, com João Vitor Oliveira (Benfica) a conquistar o seu primeiro título com a marca de 7,74 segundos, derrotando o recordista anterior, Rasul Dabó (Sporting).

João Vitor Oliveira

Títulos de campeões de Portugal com surpresas

Nas restantes provas foram vários os atletas que aumentaram o seu palmarés com títulos de campeões de Portugal, destacando-se Paulo Rosário, do Sporting, que conseguiu o seu primeiro título em 3000 metros, a juntar aos dois títulos que já tinha, um em 800 e outro em 1500 m.

Olímpia Barbosa (Sporting) conquistou o seu terceiro título (60 metros barreiras) e Manuel Dias obteve o seu segundo título consecutivo no heptatlo (mas aqui venceu por dois pontos, graças a uns 1000 metros finais, em que Edgar Campre, também do Benfica, ficou a mais de 20 segundos).

Nota final para Mariana Machado, que conquistou o seu segundo título (ontem nos 1500 metros, hoje nos 800 m).

Mariana Machado

Tirando isso, esta foi uma jornada de estreantes: José Carlos Pinto, do Benfica, nos 800 metros; Gerson Baldé (Benfica), no salto em altura; e Jennifer Gomes (Grecas), no pentatlo, com recorde pessoal igualado no salto em altura (1,75).

Finalmente, nas estafetas, surpresa em masculinos, com a equipa do Centro de Atletismo de Seia a derrotar a formação do Benfica, conquistando o seu segundo título de campeão (o anterior foi em 2007), enquanto em femininos triunfaram as madeirenses do Água de Pena (em estreia).

Texto / Foto: Federação Portuguesa de Atletismo

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta