GOALBALL ,PORTUGAL VAI ORGANIZAR MUNDIAIS

goalball

Portugal vai organizar entre 05 e 17 de dezembro, em Matosinhos, os campeonatos Mundiais de goalball, anunciou hoje a Associação Nacional de Desporto para Pessoas com Deficiência Visual (ANDDVIS), que tutela a modalidade em termos nacionais.

Fonte: Henrique // Dias – Lusa

Campeonatos Mundiais de goalball em Matosinhos

A prova, atribuída a Portugal pela Internacional Blind Sports Federation (IBSA), disputa-se nas vertentes masculina e feminina, estando ainda a decorrer o apuramento das seleções asiáticas.

A IBSA já tinha atribuído a Portugal a organização dos campeonatos europeus (grupo B), que decorrerão entre 12 e 20 de novembro, também nas duas naves do Centro de Desportos e Congressos de Matosinhos.

Em declarações à ANDDVIS, a selecionadora portuguesa, Márcia Ferreira, considerou um “orgulho incomensurável” a atribuição a Portugal do evento, que reunirá 32 seleções, e classificou a competição como “uma oportunidade única em termos desportivos”.

É uma oportunidade única para Portugal, que como organizador terá acesso à prova, algo que não aconteceria se o evento não fosse realizado no nosso país.

Iremos agarrar por nós e por todos os portugueses, pelas nossas famílias e pela causa nobre do desporto paralímpico de alta competição esta oportunidade.

Faremos tudo para ver Portugal na luta com os melhores dos melhores”, afirmou.

O goalball é uma modalidade coletiva praticado por atletas com deficiência visual, no qual o objetivo é introduzir uma bola, com guizos metálicos, na baliza contrária através de lançamentos manuais.

A modalidade, criada para pessoas com deficiência, integra o programa paralímpico desde Toronto1976.

Conhecer a modalidade

O goalball (também conhecido por golbol no Brasil) é um desporto coletivo com bola, praticado por atletas que possuem deficiência visual.

Foi inventado em 1946 pelo austríaco Hanz Lorenzen e pelo alemão Sett Reindle.

O objetivo do jogo é arremessar uma bola com as mãos de modo em que a bola entre na baliza do adversário.

Cada equipa deve jogar com três jogadores e três reservas, sendo obrigatório o uso de vendas nos olhos por todos os atletas.

A perceção da posição da bola é feita usando os sentidos do tato e audição. As linhas do chão são o motivo do jogo em que o tato prevalece.

A bola possui guizos para uso da audição, e assim os praticantes podem saber em que direção a bola se move.

É um jogo que requer muita concentração, e por isso o silêncio dos espectadores e da equipa é de extrema importância para o jogo.

Parceiros

Deixe uma resposta