Gony Zubizarreta brilhou com o melhor score do dia

Gony Zubizarreta

Os melhores surfistas nacionais foram até à Praia do Cabedelo, onde esta sexta-feira teve início o Allianz Figueira Pro, segunda etapa da Liga MEO Surf, a principal prova de surf em Portugal e a que define os títulos de campeões nacionais, com destaque para a prestação de Gony Zubizarreta.

Texto: ANSurfistas
Fotos: Jorge Matreno/ANSurfistas

Vindo dos trials, Gony Zubizarreta brilhou com melhor score do dia

Numa jornada longa e marcada por condições desafiantes, tudo começou com os trials masculinos, onde nomes experientes como Gony Zubizarreta e Marlon Lipke estiveram em destaque.

Gony aproveitou o balanço e acabou por ser o grande dominador deste dia inaugural na Figueira da Foz.

Gony Zubizarreta
Marlon Lipke

O facto de terem falhado algumas etapas em 2020, fez com que Gony e Marlon tivessem perdido seeding, o que explica o facto de ambos terem sido obrigados a disputar os trials para entrar no evento principal.

Mas nem isso afetou a prestação do surfista galego, antigo vencedor da Liga MEO Surf e ex-top 100 mundial.

No heat 1 da ronda inaugural masculina, Gony somou 13,25 pontos, naquele que foi o melhor score da jornada.

Nas duas vezes em que entrou na água esta sexta-feira, Zubizarreta conseguiu fazer dois dos três melhores scores do dia – nos trials registou 12 pontos – e ainda ser pontuado com três das cinco melhores ondas, a melhor delas premiada com 7 pontos.

Tomás Fernandes

Tomás Fernandes e Vasco Ribeiro também estiveram em bom nível

Outro dos nomes em bom plano nesta ronda inaugural masculina foi Tomás Fernandes, que venceu o heat 6, com 12,5 pontos.

O tetracampeão nacional Vasco Ribeiro, com 12 pontos, também se mostrou em forma.

Entre os mais jovens, destaque para os triunfos do número dois nacional Guilherme Ribeiro, de Martim Nunes e de Martim Paulino. Quem também começou a prova com um triunfo foi Afonso Antunes, atual líder do ranking nacional. Vindo de uma vitória na etapa da Ericeira, o jovem surfista competiu no heat 8, perfazendo um total de 9,25 pontos e começando da melhor forma a defesa da licra amarela.

A competição avançou, depois, até ao final da tarde, para a ronda inaugural feminina, onde as principais candidatas acabaram por sobressair entre a concorrência.

Afonso Antunes

Afonso Antunes e Carolina Mendes com triunfo na defesa da licra amarela

Tal como Afonso na prova masculina, do lado feminino Carolina Mendes também começou a defesa da licra amarela com um triunfo.

No mesmo registo apresentou-se a número dois nacional Kika Veselko, mas também Mafalda Lopes, que fez o melhor score da ronda (8,90). Por fim, registo ainda para os triunfos de nomes da nova geração que começam a despontar na Liga MEO Surf, como Érica Máximo ou Constância Simões.

Para amanhã, a chamada está marcada para as 9 horas, para a realização da segunda ronda masculina e feminina.

E há já grandes embates em perspetiva numa fase tão precoce da prova, sobretudo do lado dos homens.

O destaque vai para o heat 2, entre Guilherme Fonseca, Pedro Coelho, Luís Perloiro e João Moreira, para o heat 5, entre Vasco Ribeiro, Martim Paulino, Miguel Blanco e Kiron Jabour ou para o heat 6, entre Arran Strong, Filipe Jervis, Marlon Lipke e Diogo Martins.

Gony Zubizarreta

Agenda para sábado:

  • 09H00 – Call do segundo dia de competição

A nível televisivo, tendo presente a proibição de público nos termos legais, o Allianz Figueira Pro poderá ser acompanhado a partir de casa em direto na Sport TV, assim como nos restantes meios oficiais: facebook do MEO, na posição 810 da grelha de canais MEO, em ligameosurf.pt e redes sociais em @ansurfistas.

A Liga MEO Surf é a 1ª divisão da modalidade, sendo o Surf um desporto individual ao ar livre sem contacto físico e considerada de baixo risco pela DGS, pelo reúne todos os requisitos que permitam o seu regresso no plano competitivo.

Parceiros