Índia domina provas de velocidade em Sangalhos

Índia

A temporada de pista 2020/2021 arrancou este fim de semana no Velódromo Nacional, em Sangalhos, Anadia, com o Troféu Internacional Bento Pessoa com destaque para a Índia.

Leia também

Liga dos Campeões de Pista, Iúri Leitão entre os cinco melhores

Iúri Leitão defende na Lituânia o pódio da Liga dos Campeões de Pista

Iúri Leitão começa Liga dos Campeões no pódio da geral

Texto / Fotos: UVP – Federação Portuguesa de Ciclismo

Troféu Internacional Bento Pessoa, Índia dominou o keirin e o sprint

Entre os 10 países participantes, foi a Índia a destacar-se em elite, dominando o keirin e o sprint.

Índia

A equipa nacional indiana mostrou a sua soberania nas provas de velocidade, no Troféu Bento Pessoa, que decorreu no Velódromo Nacional.

Na prova de sprint a Índia ocupou os três lugares do pódio, com David Beckhame (India National Track Cyclign Team) a vencer sobre os colegas de equipa, Esow Esow e Yanglem Singh.

No keirin a vitória ficou para Laitonjam Singh (India National Track Cycling Team), com o irlandês Conor Rowley (Blackburn Cycling Club) a intrometer-se no segundo lugar do pódio, na frente do indiano David Beckhame (India National Track Cycling Team).

Ivo Oliveira, César Martingil e Josh Charlton

Omnium masculino arrancou com vitória Portuguesa

A prova de omnium masculino arrancou com uma vitória para César Martingil (Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel), que repetiu o feito na corrida tempo, chegando assim à terceira prova na liderança da geral.

Ivo Oliveira (UAE Team Emirates), que regressou após uma longa paragem devido a lesão, venceu a corrida de eliminação, mas não conseguiu tirar a liderança a Martingil, que seguiu para a última prova do concurso de omnium ainda na primeira posição.

O corredor continuava imparável e respondeu a todos os ataques que surgiram, garantindo a vitória, com 157 pontos.

Ivo Oliveira foi segundo, com 145 pontos, e o britânico Josh Charlton (Team Inspired) fechou na terceira posição.

Daniela Campos

Omnium feminino foi dominado por Daniela Campos

O omnium feminino foi dominado por Daniela Campos (Bizkaia-Durango), que venceu todas as provas, somando um total de 159 pontos.

A regularidade deu à espanhola Isabella Escalera (Club JVC Neira-Sporting) o segundo lugar, com 147 pontos. Já Beatriz Roxo (Academia de Ciclismo de Paredes) concluiu a prova na terceira posição.

Pódio quase todo Português em Madison

Na prova de madison a dupla britânica composta por Joshua Giddings e Josh Charlton (Team Inspired) não deu qualquer hipótese aos adversários, conquistando a vitória, depois de ganharem 10 dos 12 sprints que compunham a prova.

O segundo lugar ficaria para a dupla de Ivo Oliveira e César Martingil, com Rodrigo Caixas e Diogo Narciso a fecharem na terceira posição.

Estiveram ainda em competição juniores e cadetes (masculinos e femininos) a disputarem as provas de scratch e eliminação.

O scratch e a eliminação da categoria de juniores foram dominadas por Isabella Escalera e João Martins (Academia de Ciclismo de Paredes), que venceram ambas as provas, nos respectivos setores, feminino e masculino.

Já na categoria de cadetes masculinos foi Gabriel Batista (Landeiro/KTM/Matias&Araújo/Frulact) a levar a melhor, vencendo tanto o scratch como a eliminação.

No feminino o equilíbrio foi maior, com Ana Marques a vencer o scratch Beatriz Ferreira a eliminação, ambas da equipa ACD Milharado/Driveonholidays Mafra).

Parceiros

Deixe uma resposta