João Almeida em segundo no Contrarrelógio, mas recupera amarela

João Almeida

João Almeida foi esta sexta-feira segundo classificado no contrarrelógio da Volta ao Luxemburgo e recuperou a liderança da prova.

Mais artigos sobre o evento

Luxemburgo com João Almeida abre semana de ciclismo

João Almeida coleciona camisolas no Luxemburgo

Sacha vence, Almeida segue em segundo no Luxemburgo

Texto: Henrique Dias – Praticante / Lusa
Foto: página da ŠKODA Tour Luxembourg

Página do evento.

João Almeida
João Almeida

Português mostra a sua raça no contrarrelógio

O corredor da Deceuninck-QuickStep estava a quatro segundos do suíço Marc Hirschi (UAE Team Emirates), mas aproveitou o ‘crono’ de 25,4 quilómetros para anular a diferença e recuperar a camisola amarela que tinha conquistado no primeiro dia, mas que entregara ao ciclista helvético no segundo.

Para além da camisola amarela, mantêm a camisola da juventude e de pontos

João Almeida: “Fiquei muito contente com as minhas pernas. Ganhei mais tempo com Marc Hirschi do que esperava.

Amanhã (hoje) é o último dia e tudo faremos para manter a camisola amarela. Vai ser uma etapa difícil, com certeza, mas vamos jogar todas as cartas.

Quarta etapa marcada pela recuperação da amarela por João Almeida

Durante a quarta etapa do SkodaTour Luxembourg, os ciclistas tiveram que competir em um contra-relógio individual de 25,4 km, que começou e terminou no coração de Dudelange.

Era óbvio que esse contra-relógio provavelmente seria decisivo na batalha pela vitória geral. O perfil estava longe de ser plano, a subida de 1,5 km do Poteau de Kayl representava um verdadeiro desafio.

Mattia Cattaneo

Mattia Cattaneo (Deceuninck) foi o mais forte, terminando a etapa em 30’52 ”com uma vantagem de 2” sobre o companheiro de equipa João Almeida (Deceuninck) e 26 ”sobre Mattias Skjelmose Jensen (Trek).

Almeida assumiu a camisola amarela do líder geral às mãos de Marc Hirschi (Emirados Árabes Unidos) e tem agora uma vantagem de 43 ″ sobre o suíço. Cattaneo é o terceiro, 50 ″ atrás.

Mattia Cattaneo: “Estou muito feliz, também pelo João (Almeida) e pela minha equipa. Nesta equipe é muito fácil se tornar um especialista em contra-relógio. Eu gosto dessa disciplina. Foi o dia perfeito para nós. Amanhã vamos lutar pela defesa da camisola amarela do João e pela vitória da geral. ”

A 5.ª e última etapa disputa-se amanhã, entre Mersch e Luxemburgo, na extensão de 183 quilómetros.

Parceiros

Deixe uma resposta