Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

João Ferreira superiorizou-se e venceu em Fafe

João Ferreira (Academia Joaquim Agostinho/CRY/UDO) e Maria de Jesus Barros (Concelho do Porriño/Abanca) foram os grandes vencedores do Prémio Cidade de Fafe, prova de Abertura de Juniores – Zona A, pontuável para o Campeonato do Minho de Ciclismo de Estrada – Arrecadações da Quintã, organizada pela Associação de Ciclismo do Minho com o apoio da Câmara Municipal de Fafe.

José Martins nome incontornável do ciclismo nacional

O ex-ciclista fafense é um nome incontornável do ciclismo nacional e, como habitualmente, marcou presença e colaborou com a organização do Prémio Cidade de Fafe. “Foi uma boa prova e correu muito bem. Esta é uma corrida que dá sempre grande destaque a Fafe e a cidade também sabe receber os ciclistas. Esteve aqui um bom número de pessoas a assistir” destacou José Martins.

Num dia agradável para a prática do ciclismo, o Prémio Cidade de Fafe chamou a si as atenções do calendário velocipédico e Fafe engalanou-se para receber os muitos ciclistas que fizeram questão de mostrar os seus dotes e percorrer os 78,2 quilómetros da prova a uma média de 40 km/h.

No percurso, que incluiu passagens pelos concelhos de Fafe, Póvoa de Lanhoso e Guimarães, desde cedo os ciclistas tentaram a sua sorte na frente da corrida.

Depois de algumas tentativas, Francisco Baia (Bairrada) e José Barbosa (UC Trofa), à passagem pelo quilómetro quatro, conseguiram uma vantagem de 15 seguros em relação ao grupo principal de ciclistas.

O pelotão reagiu e Ricardo Machada (Seissa | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | Frulact) e Diogo Souzinha (Academia Joaquim Agostinho/CRY/UDO) isolaram-se conseguiram alcançar o duo da frente.

João Ferreira

Pelotão não descansou, mas João Ferreira superiorizou-se e venceu

Pelotão não descansou, mas João Ferreira superiorizou-se e venceu ser de 55 segundos. No entanto, o pelotão não descansou na perseguição e, também por força dos muitos ataques, foi reduzindo a desvantagem.

Depois de Victor Paula (Seissa | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | Frulact), João Leite (Bairrada) e Henrique Silva (UC Trofa) terem alcançado o grupo de fugitivos, a fuga acabou por ser anulada.

As movimentações no pelotão não abrandaram e João Leite (Bairrada), Gonçalo Martins (Efapel – Escola Ovar) e Victor Paula (Seissa | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | Frulact) passaram isolados em Fornelos, mas, ainda assim, o pelotão não permitiu grandes veleidades.

João Ferreira

Na aproximação à meta, João Ferreira (Academia Joaquim Agostinho/CRY/UDO) superiorizou-se e chegou destacado à Praça 25 de Abril , concluindo a prova com o tempo de 1:55.01, deixando Lucas Lopes (Póvoa de Varzim/CDC Navais) na segunda posição e João Silva (Bairrada) em terceiro lugar.

Na corrida de Elites Femininas, Maria de Jesus Barros (Concelho do Porriño/Abanca) venceu de forma folga deixando Mariana Almeida e Jenyffer Barragan, ambas da Efapel – Escola Ovar, respetivamente, na segunda e terceira posições.

Por equipas, venceu a equipa Bairrada, terminando em segundo a Academia Joaquim Agostinho/CYR/UDO e em terceiro a Efapel– Escola de Ovar.

Foi uma excelente prova

Sérgio Sousa, dirigente da Federação Portuguesa de Ciclismo, manifestou-se bastante agradado com a forma como decorreu o Prémio Cidade de Fafe.

A Associação de Ciclismo do Minho tem uma larga experiência organizativa e esta prova de abertura de juniores em Fafe tem-se afirmado no panorama velocipédico, não apenas por via da aposta do município de Fafe mas também pela forma empenhada e pelo bom nível com que os clubes se apresentam”.

Além do êxito organizativo, agrada-nos também a evolução dos clubes que surgem com mais jovens e novos diretores”, referiu o dirigente federativo.

Texto: ACM
Fotos: Marcelo Lopes

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta