JOGOS SURDOLÍMPICOS COM ARTE E ALEGRIA

Jogos Surdolímpicos

Delegação portuguesa desfilou com 11 elementos

A cerimónia de abertura dos Jogos Surdolímpicos Caxias do Sul 2021 decorreu com arte e alegria, ontem à noite, 1 de maio, no Ginásio do SESI, em Caxias do Sul, em tom de celebração.

Leia também

SURDOLÍMPICOS, PORTUGAL REPRESENTADO EM SEIS MODALIDADES

Texto / Fotos: Paralímpicos

Arte e alegria marcaram cerimónia de abertura dos Jogos Surdolímpicos Caxias do Sul 2021

O espetáculo “Mãos que Falam” teve duração de duas horas e meia sempre com a alegria e cor características da cultura brasileira e alcançou o mérito de estimular os sentidos dos espectadores, promovendo a interação com o público surdo na sua maioria através da presença de linguagens artísticas variadas como a dança, o teatro e a música.

A delegação portuguesa desfilou com 11 elementos, entre os quais os seis atletas nacionais já presentes em Caxias do Sul, com a judoca Joana Santos como porta-estandarte nacional.

Jogos Surdolímpicos
Joana Santos foi a porta-estandarte nacional – Foto de arquivo da autoria de Carlos Alberto Marques / Impress

Estiveram representados no evento que também celebrou a cultura e história da região gaúcha brasileira os 77 países que entrarão em competição a partir de amanhã, 2 de maio, num total aproximado de 4000 atletas.

Portugal inicia a sua participação hoje 2 de maio às 13h00 portuguesas com os ciclistas André Soares e João a disputarem a prova de Sprint 1000m.

Uma hora mais tarde, a partir das 14h00 de Lisboa, os nadadores Miguel Cruz e Ricardo Belezas vão competir nas eliminatórias dos 400m livres e Diogo Neves e Tiago Neves as eliminatórias dos 50m mariposa, ao que se seguirá a estafeta dos 4x100m livres.

Parceiros