Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Lucas Lopes triunfou no Troféu José Martins

Lucas Lopes (BMC / Póvoa Varzim / CDC Navais) foi o grande vencedor do Prémio Junta de Freguesia de Golães / Troféu José Martins, segunda prova da Taça de Portugal de Cadetes. Pontuável para a Taça do Minho de Ciclismo de Estrada – Arrecadações da Quintã a prova foi organizada pela Associação de Ciclismo do Minho e pela Federação Portuguesa de Ciclismo com o apoio da Câmara Municipal de Fafe. Com início e final em Golães, o percurso da prova incluiu passagens pelos concelhos de Fafe, Guimarães e Póvoa de Lanhoso.

 

Lucas Lopes o mais forte na ponta final

Com um tempo agradável e muita gente a assistir, a prova de Golães foi sempre muito disputada ao longo de todo o trajeto. A cerca de 15 quilómetros da meta um grupo de oito ciclistas conseguiu isolar-se do pelotão e, já na reta final de aproximação à meta, Lucas Lopes (BMC / Póvoa Varzim / CDC Navais) mostrou-se mais forte e venceu com o tempo de 01:58:26h. Na segunda e terceira posições, com o mesmo tempo do vencedor, terminaram a corrida de 74,2 quilómetros Sérgio Saleiro (Seissa/KTM Bikeseven/Matias&Araújo/Frulact) e João Leite (União Ciclismo da Trofa).

Por equipas, venceu a União de Ciclismo da Trofa, que somou um total de 05:56:51 h, deixando na segunda posição a equipa barcelense da Seissa/KTM-Bikeseven/Matias&Araújo/Frulact, enquanto a Vito/Feirense/PNB terminou na terceira posição.

Hélio Freitas: “Golães está muito ligado ao ciclismo”

Hélio Freitas, presidente da Junta de Freguesia de Golães, mostrou-se satisfeito com a forma como decorreu o Prémio Junta de Freguesia de Golães / Troféu José Martins, segunda prova da Taça de Portugal de Cadetes Zona A e Taça do Minho de Ciclismo de Estrada – Arrecadações da Quintã.

“Golães está ligado intimamente ao ciclismo. Saíram da freguesia vários ciclista de renome, entre eles o José Martins, que dá nome a esta prova. Sempre quisemos organizar um evento ligado ao ciclismo e quando a oportunidade surgiu, nós agarramo-la e temos feito de tudo para a manter aqui, neste caso, homenageando também um grande ex-ciclista da terra. Enquanto pudermos vamos continuar a receber este troféu”, disse Hélio Freitas.

O presidente da Junta de Freguesia de Golães lamentou que, atualmente, não haja ciclismo na terra: “infelizmente, atualmente, Golães não tem ciclismo, nem ciclistas para poderem levar o nome da freguesia por esse Portugal fora. Vamos esperar que esta prova faça renascer o gosto pela modalidade e que em breve Golães volte a ter atletas a participar nas várias provas”.

Quanto ao homenageado, José Martins, Hélio Freitas lembrou que “José Martins destacou-se no ciclismo e levou bem alto o nome de Golães. É um marco para todos os habitantes de Golães e todos os amantes do ciclismo. Este troféu é uma homenagem ao José Martins”.

lucas

 

José Martins: “É sempre bom ser relembrado”

O ex-ciclista mostra-se satisfeito com a homenagem: “é sempre bom ser-se relembrado pelo que se fez no passado. Fico contente por ver que as pessoas não se esqueceram e por criarem um Troféu com o meu nome. Para mais um troféu destinado aos escalões de formação”.

José Martins confessa que sente saudades da estrada: “quando comecei já tinha mais idade que estes jovens que aqui estiveram hoje. Vê-los em ação faz-me recordar aqueles tempos, são lembranças que nos acompanham para a vida. Foram muitos anos, muitas provas, muitas aventuras”.

O consagrado ciclista de Golães lamente apenas que hoje em dia não haja ciclistas na terra “temos o clube (Centro de Ciclismo José Martins), que já leva 24 anos, mas faltam os ciclistas. Hoje em dia falta o incentivo dos pais para os miúdos praticaram ciclismo, que é uma modalidade um bocadinho dura, mas a verdade é que hoje há vários clubes em muitas freguesias, no meu tempo os clubes eram poucos e eu, por exemplo, tinha que ir de Golães para a Coelima (Guimarães), que era bastante distante”.

José Martins recordou o tempo de treinador: “passaram por aqui vários atletas, treinei os meus filhos, sobrinhos e jovens de Golães. O ciclismo tirou-os doutros caminhos e ainda hoje me falam disso. Agora não temos equipas de jovens, apenas uma equipa de masters, que vai participando em algumas provas”.

Equipa minhota do Seissa terminou em segundo

A Seissa/KTM Bikeseven/Matias&Araújo/Frulact terminou o Prémio Junta de Freguesia de Golães / Troféu José Martins, segunda prova da Taça de Portugal de Cadetes Zona A e Taça do Minho de Ciclismo de Estrada – Arrecadações da Quintã, no segundo lugar por equipas, tendo visto ainda o seu ciclista Sérgio Saleiro ser segundo na prova.

Hélder Braga, responsável do clube de Roriz, mostrou-se satisfeito com os resultados obtidos em Golães: “foi uma boa prova, os atletas tiveram uma grande entrega. Taticamente estiveram nas decisões da corrida e com isso a Seissa conseguiu o segundo lugar por equipas”.

No entanto “nestes escalões os resultados não são o mais importante. Gostamos da forma como eles se entregaram e empenharam, como discutiram a corrida e, no fundo, aprenderam um pouco mais”.

Texto: ACM
Fotos: Eduardo Campos

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta