A magia com o Grande Prémio de Natal

GP Natal

Lisboa viu as suas ruas invadidas pela magia, por milhares de atletas que participaram no 59º Grande Prémio de Natal, numa organização do Maratona Clube de Portugal, que desde 2015 tem sido responsável pela evolução no número de participantes desta prova histórica do atletismo nacional, com o patrocínio da EDP, uma empresa sempre ao lado dos eventos que esta organização leva a efeito.

Magia 59 Grande Prémio de Natal

Prova Histórica marcada pela magia

Esta histórica prova que prometia um duelo Benfica / Sporting como em 2015, acabou por este ano ver o seu local de partida mudado, de Entrecampos para a Avenida Marechal Teixeira Rebelo, em Benfica, mantendo-se a meta num dos lugares privilegiados e com história da nossa capital, a Praça dos Restauradores.

Magia 59 Grande Prémio de Natal

O evento começou bem cedo, com outras provas de corrida e de marcha da responsabilidade da Associação de Atletismo de Lisboa. Eram 8h30 e já os Benjamins e Iniciados percorriam 1 km, seguindo-se às 9h15 uma prova de 4 km para os Juvenis. Antes e depois da corrida dos Juvenis, realizaram-se provas de marcha de 1, 2 e 3 Km para os escalões de Benjamins a Veteranos.

A prova

Até às 10h30, hora de início da prova principal com uma distância de 10 km, e ao longo do percurso, a animação, com o apoio da EDP, esteve ao rubro com a magia, mágicos, malabaristas, saltimbancos e até meninas a correr em cima de andas com uma facilidade tal, que todos ficavam com a sensação que qualquer um de nós poderia fazer o mesmo.

 

Duelo Benfica / Sporting

Deu-se o início e quem esperava e desejava assistir a um belo duelo entre os rivais Benfica / Sporting da 2ª circular, como sucedeu em 2015, ficou desiludido, pois não ocorreu com a mesma intensidade.

Magia 59 Grande Prémio de Natal

Logo após alguns km, um quarteto tomou a liderança da prova, indo os seus atletas revezando-se no comando da corrida. Sérgio Dias foi um dos que andou mais tempo na frente, e nenhum se distraiu com as meninas que, penduradas nas pontes dos túneis da Avenida Fontes Pereira de Melo, faziam ginástica acrobática com tecidos, para gáudio dos atletas que não sendo corredores de topo, também participaram.

Sérgio Dias na liderança do grupo
Sérgio Dias na liderança do grupo

Hélio Gomes mudar de emblema, com a mesma magia

O piso da Avenida Fontes Pereira de Melo, devido às obras a decorrer no local, não foi o melhor, mas todos os participantes tiveram de o percorrer, sendo que já na descida do Marquês de Pombal para a Praça dos Restauradores, se começou a desenhar o que seria a classificação final.

Hélio Gomes - Sporting Clube de Portugal
Hélio Gomes – Sporting Clube de Portugal

Hélio Gomes Sporting Clube Portugal – acelerou e repetiu a vitória de 2015, com um melhor tempo de 28m40s, seguido de Hermano Ferreira – Sport Lisboa Benfica – também ele a repetir o 2º lugar de 2015 e com um melhor tempo de 28m44s, ficando Tiago Costa – Sport Lisboa Benfica – a completar o pódio com 28m47s, Sérgio Dias – Individual – em 4º com 28m53s e Bruno PaixãoBeja Atlético Clube – em 5º com 29m11s.

Osvencedores ladeados à esquerda por Augusto Baganha presidente do Instituto Português do Desporto e Juventude
Os vencedores ladeados à esquerda por Augusto Baganha presidente do Instituto Português do Desporto e Juventude

De notar que na 58ª edição do Grande Prémio de Natal, realizada em 2015, Hélio Gomes que ontem representou o Sporting CP representava o SL Benfica e Hermano Ferreira que ontem representou o SL Benfica representava o Sporting CP em 2015, mas apesar destas trocas, ambos obtiveram as mesmas classificações.

Dulce Félix obtém vitória

Em femininos, Sara Moreira e Jéssica Augusto não participaram e Dulce FélixSport Lisboa Benfica, que em 2015 tinha conseguido um 3º lugar, foi ontem a vencedora com 33m14s, ficando Claúdia PereiraGFD Running – em 2º lugar com 33m23a, e Marisa BarrosSport Clube Salgueiros – a completar o pódio com o 3º lugar com 34m02s, os 4º e 5º lugares foram conseguidos por Doroteia PeixoitoAmigos da Montanha – com 34m10s, e Susana CunhaLinda-a-Pastora Sporting Clube – com 34m21s, respetivamente.

As vencedoras ladeadas à esquerda por Jorge Máximo, vereador do deporto da CM Lisboa, e à dtª por Rafael Marques, Maratona Clube de Portugal e Luís Jesus, presidente da Associação Atletismo Lisboa
As vencedoras ladeadas à esquerda por Jorge Máximo, vereador do deporto da CM Lisboa, e à dtª por Rafael Marques, Maratona Clube de Portugal e Luís Jesus, presidente da Associação Atletismo Lisboa

Marisa Costa atleta de pelotão 

Marisa CostaUnião Atlético Povoense – foi a 45ª da geral feminina, 15ª do escalão F35/40/45com 41m13s, e quando entrevistada por O Praticante, disse ter sido a 2ª vez que participou neste evento, tendo gostado mais deste percurso, embora a passagem pela Av. Fontes Pereira de Melo, devido ao estado do piso, ter sido o segmento que mais lhe desagradou. Ainda referiu que: “Pessoalmente, gosto dos túneis! Massacram, mas sendo uma prova de estrada parece que cortam com a monotonia que se pode sentir neste tipo de prova.
É uma prova rápida. Os últimos km são a descer e “ajuda” a fazer um melhor tempo, claro!
Ainda reparei que estavam algumas pessoas a apoiar os atletas (pena que não tivessem enchido as ruas). O apoio dos populares motiva quando já estamos a sentir a fadiga normal do esforço“.

Marisa Costa - União Atlético Povoense, atleta do pelotão
Marisa Costa – União Atlético Povoense, atleta do pelotão

Rafael Marques a satisfação pelo sucesso

No final do evento era visivel na face de Rafael Marques, braço direito de Carlos Moia, a sua satisfação pelo sucesso do evento, João Gomes foi o homem do terreno para que tudo corresse bem, e correu.

Rafael Marques felicitou os participantes, porque a festa é para eles, e sem eles não há festa, não há magia, que é um orgulho para o Maratona Clube de Portugal, organizar este evento histórico e antigo da capital portuguesa, e um dos mais antigos de Portugal, um icone na história do atletismo nacional, dos despiques Sporting / Benfica, e que se pretende possa voltar a ver esses despiques em todas as edições, bem como os melhores valores do atletismo nacional participem neste evento.

Magia 59 Grande Prémio de Natal
Jorge Soares, da equipa de OPraticante.pt de azul à dtª, em bom ritmo a caminho da meta

Jovem Jorge Soares o melhor representante de OPraticante.pt

O nosso projecto teve em Jorge Soares – 271º geral – 38m16s o melhor representante da sua equipa OPraticante.pt, conjuntamente com este atleta participaram Alexandre Tavares – 365º – 39m31s, Nuno Garrana – 428º – 40m16s, António Soares – 504º – 41m28s, Paulo Silva – 570º – 42m07s, Paulo Barry – 587º – 42m20s, Luís Loureiro – 738º – 43m47s, Artur Basílio – 903º – 45m07s, José Leitão – 1498º – 49m02s, Sónia Maurício – 1791º – 50m39s, Carla Figueira – 2457º – 54m14s, Susana Neves – 3191º – 58m21s, Rui Miguel – 3196º – 58m22s, Carlos Figueira – 3389º – 59m43s, Miguel Silva – 3396º – 59m45s e a fechar a equipa Filomena Correia – 4133º – 1h07m36s.

[divide icon=”circle” width=”medium”]

Fotos: Marcelino Almeida / José Silva

Parceiros

1 thought on “A magia com o Grande Prémio de Natal

Deixe uma resposta