Meio milhar de participantes pedalaram ao lado de Tiago Machado

Cerca de meio milhar de participantes marcou presença no V Bike Tour Tiago Machado, o ciclista minhoto considerado pelo diário desportivo francês L´Équipe o herói da Volta a França de 2014. Delmino Pereira, Nelson Oliveira, Manuel Cardoso, José Azevedo, Bruno Pires, Sérgio Sousa, Daniel Silva, Joaquim Sampaio, Luís Machado e José Rodrigues foram algumas das presenças na iniciativa que teve um cariz solidário.

Com um balanço extremamente positivo e apesar das condições atmosféricas adversas, o V Bike Tour Tiago Machado, que contou com o apoio da Associação de Ciclismo do Minho, teve como instituição beneficiária a Dar as Mãos, Associação de Solidariedade (www.darasmaos.org.pt), uma IPSS que tem como objetivo promover e contribuir para a proteção e apoio a grupos da população do município de Vila Nova de Famalicão mais carenciados e desfavorecidos, prestando auxílio à integração social e comunitária de pessoas em situação de carência socioeconómica.

O percurso do V Bike Tour Tiago Machado (ciclista que representou a NetApp – Endura e que ingressará em 2015 na equipa do ProTour Katusha) teve a extensão de 20 quilómetros, de dificuldade baixa, proporcionando momentos de interação, convivência e prática desportiva. No final foram sorteados diversos prémios pelos participantes.

Natural de Vila Nova de Famalicão e formado em clubes da Associação de Ciclismo do Minho, Tiago Machado venceu a última edição da Volta à Eslovénia (competição do mesmo nível da Volta ao Algarve e da Volta a Portugal e iniciou a sua carreira na Escola de Ciclismo Carlos Carvalho. Campeão Nacional de contrarrelógio (2006 e 2009) e vencedor do Prémio da Juventude da Volta a Portugal (2007, 2008 e 2009), Tiago Machado esteve ao lado de Rui Costa, em representação da seleção nacional, na conquista do Campeonato do Mundo, venceu o Grande Prémio Joaquim Agostinho (2008), foi 5º classificado na Volta a Portugal de 2009 e prosseguiu a senda de excelentes resultados quando em 2010 entrou na alta roda do ciclismo mundial, tendo, inclusive, sido 9º na Volta à Califórnia e 20º no Giro de Itália.

Em 2014 ocupava o terceiro lugar da Volta a França em bicicleta quando sofreu uma queda aparatosa, tendo sido longamente assistido pelos médicos. Apesar disso, Tiago Machado insistiu em prosseguir a etapa – faltavam cerca de 100 quilómetros para o final – e conseguiu não apenas concluir a tirada como chegar ao final do Tour, factos que levaram o jornal francês L´Équipe a considerá-lo o herói da Volta a França de 2014.

Texto de: Associação de Ciclismo do Minho

Parceiros

Deixe uma resposta