Melo Gouveia e Bessa passam o ‘cut’, Lopes eliminado

Melo Gouveia

Ricardo Melo Gouveia e Tomás Bessa, os golfistas portugueses qualificaram-se para as últimas duas voltas do Made in Esbjerg Challenge.

Texto: Lusa

Ricardo Melo Gouveia e Tomás Bessa asseguraram a qualificação

Tomás Bessa

Os golfistas portugueses Ricardo Melo Gouveia e Tomás Bessa asseguraram esta quinta-feira a qualificação para as últimas duas voltas do Made in Esbjerg Challenge – Presented by Frejja & TotalEnergies, enquanto Vítor Lopes falhou o cut no Esbjerg Golfklub.

Melo Gouveia, membro do Challenge Tour, juntou a um primeiro score de 69 pancadas, duas abaixo do Par do campo dinamarquês, uma segunda ronda de 71 shots (Par) e manteve-se, empatado, na 16.ª posição do leaderboard.

Melo Gouveia

Depois de registar esta quinta-feira três bogeys (uma acima) nos buracos 2, 8 e 15, outros tantos birdies (uma abaixo) no 4, 9 e 12, um duplo bogey (duas acima) no 5 e um eagle (duas abaixo) no 7, Melo Gouveia, que figura no 4.º lugar no ranking do Challenge Tour, contabilizou um agregado de 140 pancadas, duas abaixo.

Tal como Melo Gouveia, a regressar à competição após conquistar o título de campeão do Italian Challenge, Tomás Bessa deu continuidade ao bom desempenho da última semana, no Vierumäki Finnish Challenge, e garantiu novamente a continuidade em prova, ao completar os segundos 18 buracos no Esbjerg Golfklub com 70 pancadas (-2).

O campeão da PGA de Portugal, em 2020, que se havia estreado no torneio dinamarquês com 73 shots, conseguiu recuperar e passou no limite o cut, fixado nas 143 pancadas (+1) e que apurou os 70 primeiros de um field de 156 jogadores para o fim de semana.

Vítor Lopes

Já Vítor Lopes, o outro representante nacional em competição, contabilizou 144 pancadas (73+71) e falhou pela margem mínima o apuramento para os derradeiros 36 buracos.

O sueco Jesper Svensson, por sua vez, alcançou o topo da classificação com um agregado de 135 shots (68+67), um de vantagem sobre o segundo colocado, o francês Félix Mory.

Parceiros

Deixe uma resposta