Oliveirense leva a melhor sobe o Benfica na Liga

Oliveirense

Oliveirense leva a melhor sobe o Benfica na Liga, e protagoniza a única mudança na tabela classificativa, mas o primeiro jogo foi do Sporting contra o Esgueira

No jogo que abriu a 24.ª jornada da Liga Placard, o Sporting CP recebeu e venceu o Esgueira/Aveiro/OLI por 97-68.

Texto: Federação Portuguesa de Basquetebol
Fotos: FPB – Sportflash

Sporting CP recebeu e venceu o Esgueira

Os visitantes entraram melhor, mas um parcial de 12-2 permitiu aos “leões” saírem na frente no fim do primeiro quarto.

A toada manteve-se nos dez minutos seguintes, e apesar de algum equilíbrio no terceiro período, a equipa da casa conseguiu ir aumentado a sua vantagem com o contributo dos jogadores vindos do banco (57 pontos).

Travante Williams (18pts, 6res, 5ast, 4rb, 1dl), Micah Downs (16pts, 8res, 2ast, 2rb, 1dl) e Shakir Smith (13pts, 1res, 7ast, 3rb) foram os mais esclarecidos na equipa de Alvalade.

Pelo Esgueira importa mencionar Kareem Brewton (18pts, 1res, 4rb), Benjamin Drake (12pts, 10res), Gustavo Teixeira (11pts, 1res, 3ast, 2rb) e Mike Fofana (10pts, 5res, 1ast).

CAB Madeira conseguiu a sua terceira vitória consecutiva

No Funchal, o CAB Madeira conseguiu a sua terceira vitória consecutiva ao bater o FC Barreirense por 118-89, no Pavilhão Clube Amigos do Basquete.

Os insulares dominaram de forma clara nos dois primeiros quartos e ao intervalo venciam por 63-33.

No reatar da partida o domínio madeirense manteve-se, e apesar da resposta por parte do conjunto da margem sul do rio Tejo, que conseguiu reduzir a diferença, a equipa da casa manteve a eficácia e garantiu o triunfo.

No CAB Madeira, Arvydas Gydra (24pts, 5res, 1ast), Justin Gray (19pts, 5res, 1dl), Paul Jorgensen (17pts, 2res, 8ast, 6rb), Diogo Gameiro (13pts, 2res, 11ast, 1rb), Amen Cheeseman (12pts, 6res, 2rb) e Robertas Grabauskas (10pts, 5res, 2ast) estiveram em evidência.

Já pelo Barreirense destacaram-se Efosa Osayande (20pts, 5res, 3ast, 1rb, 2dl), Kurt Jamesii (20pts, 6res, 3ast, 3rb), Tony Lewis (15pts, 4res, 1dl), Miguel Correia (11pts, 2res, 4ast, 2rb), e Ian Kinard (10pts, 3res, 1ast, 1rb).

Partida decidida nos últimos segundos de jogo

O Lusitânia Expert bateu o Galitos Barreiro numa partida decidida nos últimos segundos de jogo graças a um triplo de Kyle Mallers.

Depois de um início marcado pelo equilíbrio, no segundo quarto o Galitos aumentou a intensidade e chegou aos nove pontos de diferença, vantagem que levou para o intervalo.

No regresso dos balneários a equipa da casa conseguiu reduzir a desvantagem, mas foram nos derradeiros dez minutos que tudo se decidiu.

Com um parcial de 29-22, os açorianos conseguiram o empate a 86, e um tiro exterior de Kyle Mallers a três segundos do final, fez o 89-86 final.

No Lusitânia há que salientar Rasaq Yussuf (21pts, 5res, 2ast, 1rb, 2dl), Kyle Mallers (16pts, 6res, 1ast), Sérgio Silva (15pts, 3res, 1ast, 1rb), Render Woods (15pts, 4res, 2ast).

Pelo Galitos sobressaíram Derreck Brooks Jr. (21pts, 9res, 3ast, 1rb, 2dl), Quinton Dogget (19pts, 10res, 1dl), Lynden Rose Jr. (16pts, 2res, 8ast, 1rb) e Rozelle Nix (15pts, 8res, 2dl).

Ovarense manteve o bom momento de forma

A Ovarense GAVEX manteve o bom momento de forma e levou de vencida a Académica EFAPEL por 93-75.

Com um parcial de 13-2 a abrir o jogo, a equipa da casa deu o mote para o primeiro quarto tendo terminado com uma vantagem de 18 pontos.

No segundo período a toada inverteu-se e os “estudantes” conseguiram reduzir a diferença, mas a Ovarense seguiu na frente e aí se manteve durante o segundo tempo, vencendo pela terceira semana consecutiva.

Marcus Lovett Jr. (30pts, 5res, 6ast, 3rb), Pedro Bastos (17pts, 3res, 2rb), Christopher Knight (14pts, 9res, 3ast, 3rb, 2dl), Trey Moses (12pts, 4res, 4ast, 2rb, 1dl) e Brock Gardner (11pts, 5res, 1ast, 3rb) foram os melhores na equipa da casa.

Pelo conjunto de Coimbra, Malcolm Richardson (18pts, 3res, 3ast, 4rb, 1dl), Ashford Golden (17pts, 5res, 4ast, 1rb), Daniel Relvão (17pts, 11res, 1ast, 1rb, 2dl) estiveram em grande plano.

Oliveirense

Oliveirense bateu o SL Benfica

Depois de um desaire frente à Lusitânia Expert, a UD Oliveirense regressou aos triunfos e bateu o SL Benfica por 94-81, que vinha de uma derrota com o rival Sporting.

A equipa do Oliveirense dominou desde o início e esteve sempre na liderança, aproveitando a vantagem no jogo interior (39 ressaltos contra os 27 do Benfica) para marcar.

O controlo manteve-se ao longo do encontro, e as “águias” apenas conseguiram reagir já nos últimos dez minutos, altura em que reduziram a diferença frente ao Oliveirense para os 13 pontos finais.

Pela Oliveirense as principais figuras foram João Guerreiro (16pts, 5res, 3ast, 1rb), Terrel Carter (16pts, 4res, 1ast), EC Matthews (15pts, 3ast), Justin Alston (14pts, 9res, 2rb, 1dl) e Travis Munnings (11pts, 5res, 2ast, 1rb).

No Benfica, Quincy Miller-Scott (19pts, 6res, 1ast, 1dl) e Fábio Lima (14pts, 1res, 2rb) foram os mais esclarecidos.

FC Porto foi a única equipa forasteira que venceu

O FC Porto foi a única equipa forasteira que venceu na 24.ª jornada, ao bater o Maia Basket por 92-65 no Pavilhão Municipal Nortecoope.

Os “dragões” entraram determinados em conquistar o seu segundo triunfo consecutivo, mas a equipa da casa conseguiu manter o encontro equilibrado até ao intervalo.

No entanto, após o descanso os “azuis-e-brancos” aumentaram a intensidade e conseguiram um parcial de 29-9 que colocou um ponto final no encontro.

Jalen Riley (24pts, 3res, 2ast, 1rb) foi o mais esclarecido na equipa da cidade Invicta, bem como Garrett Nevels (17pts, 3res, 2ast, 2rb, 1dl), Eric Anderson Jr. (12pts, 8res, 1ast, 1rb) e Pedro Pinto (10pts, 5res, 3ast).

Bright Mensah (23pts, 7res, 1ast, 2rb), Lamar Morgan (12pts, 1res, 1ast) e Theophilus Johnson (10pts, 5res, 1ast, 1rb) foram o foco principal no conjunto da Maia.

Imortal venceu o Vitória SC

Na última partida do dia o Imortal LUZiGÁS venceu o Vitória SC por 83-76, graças a uma entrada muito forte no primeiro quarto que permitiu aos algarvios construírem uma vantagem de sete pontos. No segundo período os vimaranenses conseguiram reduzir a diferença, mas a equipa de Albufeira manteve a consistência após o intervalo e segurou o triunfo.

No Imortal importa mencionar Tanner Omlid (25pts, 9res, 3ast), Jalen Jenkins (16pts, 7res, 4ast, 1rb, 2dl), DJ Fenner (15pts, 3res, 6ast, 2rb), António Monteiro (11pts, 6res, 2ast, 2rb) e Tyere Marshall (10pts, 2res, 2ast, 2rb).

Na equipa de Guimarães brilharam Jaron Hopkins (23pts, 9res, 4ast, 2rb) e Coreontae Berry (12pts, 8res, 2dl).

Parceiros

Deixe uma resposta