Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Pista Coberta Virtus, Portugal no topo dos Mundiais

Portugal dominou nos Campeonatos Mundiais de Pista Coberta para atletas com deficiência intelectual, terminando no primeiro posto da classificação coletiva masculina com um total de 74 pontos, à frente de França (62 pts.) e Espanha (55 pts.).

Campeonatos Mundiais de Pista Coberta para atletas com deficiência intelectual

Nestes Campeonatos Mundiais de Pista Coberta marcados por várias ausências, devido aos receios provocados pelo Corona vírus, a equipa feminina terminou no 5º lugar da classificação coletiva com 29 pontos, com o triunfo coletivo a pertencer à Ucrânia com 45 pontos.

pista
Comitiva portuguesa nos Campeonatos Mundiais de Pista Coberta (deficiência intelectual)

Portugal conquistou mais cinco medalhas no dia do encerramento

No último dia da competição Portugal conquistou mais cinco medalhas: duas de ouro, por intermédio de Ana Filipe, no salto em altura (1,57 m), e Sandro Baessa, nos 800 metros (1:58,39); duas de prata, por Cristiano Pereira, nos 3000 metros (8.48,24), e pela estafeta de 4×400 metros; uma de bronze, por Lenine Cunha, no salto em altura (1,63).

Quanto aos restantes portugueses, Luís Pimentel foi oitavo nos 3000 metros (9.45,49), Solange Martins foi 8ª nos 800 metros (3.22,42) e nos 200 metros Carlos Freitas foi quinto (24,08) e Carlos Lima foi sexto (24,33).

Lenine Cunha
Lenine Cunha o mais medalhado da comitiva portuguesa

Portugal fechou desta forma a sua participação nos Campeonatos Mundiais de Pista Coberta com 17 medalhas, destaque para Lenine Cunha o mais medalhado de toda a comitiva.

Texto / Foto: Federação Portuguesa de Atletismo

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta