Portugal perto Top Ten Campeonato do Mundo de Longboard

Mundo de Longboard

Kathleen Barrigao

Portugal muito perto de alcançar top ten na estreia num Campeonato do Mundo de Longboard.

Terminou a participação portuguesa no Campeonato do Mundo de Longboard.

Após um dia de descanso, a seleção nacional entrou no penúltimo dia de competição com três atletas ainda em prova, mas João Dantas, Diogo Gonçalves e Kathleen Barrigão não conseguiram ultrapassar a forte concorrência.

Portugal encontra-se provisoriamente na 10ª posição, naquela que é a primeira participação de sempre da seleção nacional num Campeonato do Mundo da modalidade.

Após um dia sem competição, devido às condições do mar, os melhores longboarders mundiais voltaram ontem às ondas da ilha de Hainan, na China, para a disputa do quarto dia de prova do ISA World Longboard Surfing Championship. As condições estiveram, novamente, difíceis, ainda que bastante melhores do que nos dias anteriores.

Portugueses eliminados no penúltimo dia do Campeonato do Mundo de Longboard

Kathleen Barrigão foi a primeira portuguesa a entrar na água, para a disputa da terceira ronda do quadro das repescagens.

A campeã nacional enfrentou uma bateria muito complicada, marcada pela ausência de ondas, e acabou por ser eliminada perante a inglesa Emily Currie e a argentina Teresa Gil.

Terminou assim a participação da jovem atleta nesta prova, tendo, contudo, deixado excelentes indicações, demonstrando porque é considerada uma das grandes esperanças do longboard europeu.

No quadro masculino, Portugal entrou neste penúltimo dia de competição ainda com os dois atletas em prova, com o campeão europeu João Dantas e o campeão nacional Diogo Gonçalves a procurarem ultrapassar a quarta ronda do quadro das repescagens.

João Dantas realizou uma excelente bateria, alcançando mesmo a sua melhor pontuação total na prova. Contudo, os seus 13,7 pontos não seriam suficientes para alcançar a qualificação, num adeus inglório do surfista luso, cuja pontuação lhe teria valido a qualificação em qualquer uma das outras baterias da ronda.

O campeão nacional Diogo Gonçalves manteve o bom nível demonstrado nos dias anteriores, disputando até aos últimos segundos da segunda bateria da ronda a qualificação. O espanhol Alberto Fernandez levaria, contudo, a melhor, relegando o português para a terceira posição, com uma diferença de apenas 7 décimas.

Atletas lusos estiveram em bom nível

O treinador da equipa nacional, Miguel Ruivo, considera que os atletas lusos estiveram “a bom nível, muito perto de ultrapassar mais uma eliminatória, o que só não aconteceu por manifesta infelicidade”.

Naquela que é a primeira participação de sempre num Campeonato do Mundo de Longboard, Portugal ocupa neste momento o 10º lugar da classificação geral provisória, entre as 22 seleções participantes.

O contingente luso fica a agora a aguardar a disputa do que resta do evento, na expetativa de assegurar a presença no top ten.

Texto: Tiago Alves
Fotos: FPS

Parceiros

Deixe uma resposta