S. Pedro Póvoa de Varzim com final competitiva

No domingo passado, dia 2 de julho 2017, realizou-se a XXIX edição do Grande Prémio de S. Pedro da Póvoa de Varzim, na Póvoa de Varzim.

Este grande prémio é dos mais antigos e prestigiados do país, pelo que só se podia esperar uma prova muito competitiva com atletas do Sporting CP, Sport Lisboa e Benfica, Olímpico Vianense e do Centro de Atletismo da Seia a disputarem a derradeira prova da época para terminar a temporada com mais uma vitória antes de umas férias bem merecidas.

 

Associada à corrida foi realizada uma caminhada de 5 km, com uma parte do valor da inscrição de cada participante a reverter a favor MAPADI, Movimento de Apoio a Pais e Amigos do Diminuído Intelectual, uma instituição da Póvoa do Varzim e que no final recebeu um cheque no valor de 470€.

Uma dobradinha do Centro de Atletismo da Seia na Póvoa de Varzim

Com vários atletas tanto a nível masculino como femininos candidatos à vitória, a corrida prometia ser emocionante e muito competitiva. E assim foi!!

Um pódio masculino onde os três primeiros atletas terminaram no minuto 29, a relembrar os anos 80 e 90, onde era bastante comum terminar provas de 10 km abaixo dos 30 minutos.

O pódio feminino também não deixou de ser emocionante com as duas atletas do Sporting CP Susana Godinho e Daniela Cunha a disputar o segundo e terceiro lugar taco a taco.

Já há muito tempo que não se via um final de época tão competitiva!!

Nuno Lopes, do Centro de Atletismo da Seia e Miguel Ribeiro, do Clube de Atletismo Olímpico Vianense disputaram cada centímetro de asfalto até a meta, tendo Nuno Lopes levado a melhor com a marca de 29min27seg apenas com uma vantagem de dois segundos sobre o Miguel Ribeiro.

Rui Pinto, do Sport Lisboa e Benfica, foi o terceiro classificado com 29min48seg.

Todos eles terminaram abaixo dos 30 minutos, algo bastante inédito nos dias de hoje.

Inês Monteiro, colega de Equipa de Nuno Lopes, foi a primeira atleta feminina a cortar a meta com a excelente marca de 32min51seg.

Inês Monteiro é inquestionavelmente uma das referências do fundo português feminino, regressa em força após uma paragem de seis anos devido a várias lesões.

Após ter vencido o Cross de Torres Vedras e que marcou o seu regresso à competição, a atleta tem vindo a somar várias vitorias nas provas em que participa e demonstra o bom momento de forma que atravessa.

Susana Godinho e Daniela Cunha, ambas do Sporting Clube de Portugal completaram o pódio com 34min05seg e 34min22seg respetivamente.

Equipa da Associação Desportiva de Amarante

Associação Desportiva de Amarante obtém segundo lugar em M50

Alfredo Pinheiro – Associação Desportiva de Amarante à esquerda

A Associação Desportiva de Amarante apresentou-se com 14 elementos na prova, sendo de destacar a incrível prestação de Alfredo Pinheiro que terminou a prova em 33min45seg, obtendo o segundo lugar do escalão M50.

Miguel Queirós, obteve o 112º da geral com o tempo de 38min59seg, Bruno Teixeira, 145º da geral, 40min18seg, Osvaldo Teixeira, 262º da Geral, 43min31seg, Eduardo Ribeiro, 278 da geral, 43min48seg, Sílvio Pinto, 413º da Geral, 46min56seg, Luís Azevedo, 359º da Geral, 45min48seg, Cátia Pereira, 476º da Geral e António Gonçalves, 477º da Geral, ambos com 48min18seg, José Azevedo, 492º da Geral, 48min35seg, Fernando Cerqueira, 517º da Geral, 49min11seg, Álvaro Cerqueira, 537º da Geral, 49min40seg, Jaime Pereira, 570º da Geral, 50min36seg e Jorge Cerqueira, 596 da Geral, 51min38seg.

[divide icon=”circle” width=”medium”]

Texto: Davide Pinheiro
Fotos: Davide Pinheiro / Eduardo Campos

Parceiros

Deixe uma resposta