Sporting inicia defesa do título europeu com vitória sobre o Reus

O Sporting venceu hoje o Reus por 5-3, na primeira jornada da Liga europeia de hóquei em patins, iniciando a defesa do troféu conquistado em 2018/19 com um triunfo que vale a liderança provisória do Grupo B.

Toni Pérez, aos 10 minutos, e João Souto (16) deram o melhor início ao terceiro classificado do Campeonato Nacional, Àlex Rodriguez, na conversão de uma grande penalidade, ainda reduziu, aos 19 minutos, e Ferran Font (23) devolveu a tranquilidade aos lisboetas antes do intervalo.

No segundo tempo, Àlex Rodriguez ‘bisou’ para o quarto classificado da Liga espanhola, aos 31 minutos, mas o Sporting resolveu a partida em dois minutos, com tentos de Telmo Pinto (39) e Gonzalo Romero (40), e Pablo Nájera fez o resultado final (49).

Texto: AXYG // AJO – Lusa

Sporting venceu o Reus na primeira jornada da Liga europeia

A formação de Paulo Freitas impôs desde cedo o seu estilo de jogo e controlou os primeiros minutos da partida, beneficiando de um livre direto a castigar um cartão azul visto por Joan Salvat, mas Ferran Font não conseguiu enganar Càndid Ballart.

O espanhol viria a redimir-se durante a superioridade numérica do Sporting, com um grande passe por entre as pernas a servir o tento inaugural Toni Pérez, e a vantagem até poderia ter sido aumentada no minuto seguinte, num remate de Matías Platero à trave.

Aos 16 minutos, Platero recuperou o esférico numa saída para o ataque dos catalães e alavancou a equipa para o segundo golo, entregando a Alessandro Verona, que serviu João Souto e o português empurrou para a baliza com o ‘stick’ à altura da cintura, num belo golo coletivo.

As tímidas tentativas do Reus perante uma defesa ‘leonina’ aguerrida eram negadas por Ângelo Girão, que nada pôde fazer aos 19 minutos, numa grande penalidade convertida por Àlex Rodriguez ao ângulo superior, mas o Sporting viria a aumentar a vantagem, antes do intervalo, na conversão exímia de um livre direto, por parte de Ferran Font.

sporting
Ângelo Girão

Galvanizados pelo ‘guardião’ Ângelo Girão

No reatamento da partida, Font desperdiçou a oportunidade de dilatar a vantagem na conversão de um livre direto, oportunidade que não foi desperdiçada na outra área por Àlex Rodriguez para fazer o 3-2, e até poderia ter assinado o ‘hat-trick’ dois minutos mais tarde, na marcação de uma grande penalidade, mas Girão negou-o com o patim.

Galvanizados pelo ‘guardião’, os ‘leões’ foram à procura do tento da tranquilidade e beneficiaram de nova grande penalidade, cobrada por Gonzalo Romero ao poste, e o golo acabaria mesmo por surgir, num contra-ataque conduzido pelo argentino que o ofereceu a Telmo Pinto.

No minuto seguinte, Ferran Giménez viu o cartão azul e Romero não desperdiçou nova oportunidade de anotar, desta feita com alguma sorte à mistura, já que Càndid Ballart ainda adivinhou, mas o esférico passou-lhe por baixo do corpo.

Até ao final da partida, as equipas desperdiçaram um livre direto cada e já no último minuto, Pablo Néjara fez o 5-3 final depois de uma grande jogada individual.

Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19 no Pavilhão Municipal do Luso, em Mealhada, Aveiro.

Parceiros

Deixe uma resposta