Vasco Vilaça em destaque no Campeonato do Mundo de Triatlo

Vasco Vilaça

Ontem decorreu o Campeonato do Mundo de Triatlo em Abu Dhabi contou com a presença de Vasco Vilaça e Ricardo Batista, triatletas nacionais que disputaram a prova entre os melhores da atualidade, com uma sétima posição e uma desistência de Ricardo Batista no início de ciclismo.

Os triatletas fizeram a tradicional distância sprint de 750 metros de natação com uma temperatura da água a rondar os 30º e o segmento de ciclismo (20km) e corrida (5km) a ser disputado no Autódromo F1 Yas Marina, com circuito rápido e técnico com alguns retornos e curvas, constituindo o palco desta prova que incluiu vários medalhados olímpicos e campeões do mundo.

Filipe Marques competiu no mundial de Paratriatlo onde conquistou uma boa 5.ª posição, depois da vitória na passada semana na Taça do Mundo em Alhandra, Portugal.

Texto: Federação Triatlo Portugal

Vasco Vilaça obtêm a melhor classificação portuguesa

Vasco Vilaça, vice-campeão mundial em 2020, saiu no top 20 do segmento de natação, mas, sendo um ciclista muito forte, rapidamente se juntou ao primeiro grupo, com os atletas Hayden Wilde, Leo Bergere e Jelle Geens que juntos lideraram este segmento.

Apesar de não se terem conseguido isolar, alguns atletas foram perdendo vantagem alcançando uma distância de cerca de 40’’ para os perseguidores.

Tudo se decidiu na corrida, e com as condições de calor extremo a que estavam sujeitos os atletas tiveram que poupar forças para o último segmento muito exigente.

Vasco Vilaça

O belga Jelle Geens acabou por conseguir distanciar-se para alcançar a vitória desta competição com o tempo de 00:52:20.

O francês Vicent Luis, duas vezes campeão do mundo e medalha olímpica de bronze nas estafetas mistas, conseguiu a segunda posição com 00:52:25 e Bence Bicsák, da Hungria, foi terceiro atleta a passar a meta com 00:52:28.

Vasco Vilaça conquistou a 7.ª posição com 00:52:46, 26’’ depois do vencedor belga Jelle Geens.

Vasco Vilaça e Ricardo Batista são ambos muito jovens, enquadrados nas esperanças olímpicas, que tiveram grande evolução a competir na categoria de elite.

Nesta prova, Vilaça esteve sempre a disputar os primeiros lugares, conseguindo conquistar o sétimo lugar, o que lhe confere acesso à integração no programa de Preparação Olímpica de nível elite – alcançado quando um atleta consegue atingir o top 8 em numa etapa da Taça do Mundo.

Ricardo Batista, depois de um bom segmento de natação e sendo o Triatlo desporto muito exigente a este nível competitivo- com os seus três segmentos, desistiu no segmento de ciclismo, sendo perfeitamente justificável depois de tantos anos a competir internacionalmente sem nunca ter acontecido.

Vasco Rodrigues – Presidente da Federação Portuguesa de Triatlo

Vasco Rodrigues satisfeito com a prestação portuguesa

O presidente da Federação de Triatlo de Portugal, Vasco Rodrigues, afirma: «Vasco Vilaça competiu numa prova ao nível a que estamos habituados, sempre na frente.

O Ricardo teve um dia menos bom ao final de tantos anos a competir internacionalmente o que é perfeitamente compreensível.»

O presidente da Federação de Triatlo esclarece que a rapidez com que se disputa uma prova deste nível, com um numeroso grupo de atletas e estando o Ricardo habituado a competir a alto nível, é expectável que esta situação possa acontecer.

Consulte todos os resultados aqui.

Parceiros

Deixe uma resposta