A emoção da corrida regressa ao centro de Lisboa

58º Grande Prémio de Natal EDP é uma das competições de estrada mais antigas e carismáticas, realizadas em Portugal.

A 1ª edição desta prova aconteceu em 1946.

O Maratona Clube de Portugal e a Associação de Atletismo de Lisboa levam a efeito, no próximo dia 13 de Dezembro, a 58ª edição desta emblemática corrida idealizada pelo saudoso Professor Fernando Ferreira, distinto treinador do Sport Lisboa e Benfica, que começou por ser uma iniciativa conjunta do jornal “A Bola” e do Sporting Clube de Portugal, depois organizada pela Federação Portuguesa de Atletismo.

A partir de 1976 foi organizada integralmente pela Associação de Atletismo de Lisboa.

Agora, e com o patrocínio da EDP e com diversos outros importantes apoios, a competição de 10Km ganhará novo fôlego e promete um regresso aos melhores anos da competição, pois tudo se conjuga para ter a presença dos melhores valores do meio fundo português actual, numa autêntica antecipação do Campeonato Nacional de Estrada.

E, por falar em Nacionais, esta prova terá a participação dos melhores atletas portugueses da actualidade, entre eles Rui Pedro Silva, Licínio Pimentel, Hermano Ferreira, Sara Moreira, Dulce Félix, Jéssica Augusto, Vanessa Fernandes, João Pereira (triatlo), Miguel Arraiolos (triatlo) e Melanie Santos (triatlo).

As cabeças de cartaz desta edição são precisamente os actuais campeões nacionais de estrada, Rui Pedro Silva e Ana Dulce Félix, ambos do Sport Lisboa e Benfica.
Ele, campeão de Portugal de 5000 m (2005 e 2009), 10000 m (2008), corta-mato curto (2006), corta-mato longo (2007 e 2009), estrada (2009, 2014 e 2015) e maratona (2013), muito experiente, ainda nunca venceu o Grande Prémio de Natal e mostrou estar em forma para o tentar este ano.

Na primeira linha de candidatos, e porque, de facto, estarão os melhores atletas portugueses da actualidade em competição, estará o jovem Rui Pinto, campeão nacional de corta-mato longo e curto na primavera passada, e vice-campeão nacional de estrada, esteve recentemente na maratona de Valência em ajuda aos seus colegas de treino e pode ser uma boa surpresa para o colega de equipa, tendo ainda de esperar-se uma boa oposição de outro benfiquista, Ricardo Ribas. Os benfiquistas terão ainda como representantes, o especialista em 1500 metros, Hélio Gomes, e os talentosos componentes da equipa de triatlo, João Pereira (8º nos Jogos Olímpicos de 2012), Miguel Arraiolos (pré-olímpico) e Bruno Pais (17º nos Jogos Olímpicos de 2008).

Mas, a equipa do Sporting, este ano com maior aposta no meio-fundo, também apresentará aqui muitos dos seus mais fortes argumentos: Hermano Ferreira, Campeão de Portugal de estrada em 2011; e os experientes Licínio Pimentel, Rui Teixeira, Pedro Ribeiro e Ricardo Dias.

Já em femininos, a benfiquista Ana Dulce Félix, campeã nacional de corta-mato e estrada em 2015, terá forte oposição de Sara Moreira, recentemente quarta classificada na maratona de Nova Iorque, e ainda das “regressadas” à competição Carla Salomé Rocha e Jéssica Augusto.

As benfiquistas Mónica Silva, Vanessa Fernandes (7ª na maratona de Valência) e Catarina Ribeiro (campeã nacional de corta-mato curto) são também nomes a ter em conta.

Recordes da prova (10 km)
Masc.: 29:00 – Asbel Kipsang (Quénia) 29.00 (15/12/2013)
Femininos: 33:01 – Visiline Jepkesho (Quénia) 33.01 (15/12/2013)

Parceiros

Deixe uma resposta