Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Alto do Marvão recebe o São Mamede Granfondo Series

17 de junho de 2018, a data que levou 1200 guerreiros do São Mamede Granfondo Series até ao alto do Marvão a imponentes 860 metros de altitude, guerreiros sim, pois as condições climatéricas que neste dia “apareceram” não foram para brincadeiras.

São Mamede Granfondo Series no Alto do Marvão

II Edição do São Mamede Granfondo Series, este ano com partida de Santo António das Areias no sopé da serra do Sapoio e chegada ao topo desta na Vila de Marvão.

São Mamede Granfondo Series é um projeto de ciclismo que nasceu em 2017 para dar a conhecer aos amantes de ciclismo uma região única e o incomparável Parque Natural da Serra de São Mamede.

O Parque Natural integra os concelhos de Arronches, Castelo de Vide, Marvão e Portalegre, e inclui o essencial da Serra do mesmo nome, o mais importante dos relevos alentejanos. Trata-se de um espaço que, desde logo, nos surpreende pela diversidade paisagística bem expressa na variedade da sua geologia e do elenco florístico.

O simples jogo de altitude e das variedades de exposição, o virar-se para norte ou para sul, refletem-se no coberto vegetal que espelha, de forma clara, as influências atlânticas e mediterrânicas. À diversidade vegetal acrescenta-se a presença de distintas comunidades de animais com realce para as aves de presa.

Associação de Desporto e Aventura de Portalegre – DAP

O evento organizado pela Associação de Desporto e Aventura de Portalegre (DAP), o São Mamede Granfondo Series faz a simbiose entre o desporto, a natureza, a cultura, a tradição, a riqueza e a diferenciação da região em que se insere, permitindo ao participante desfrutar de um evento de ciclismo que, para além de mostrar o melhor desta área protegida, envolve durante dois dias não só os participantes, mas também as suas famílias e amigos, através de atividades culturais e gastronómicas.

Para oferecer anualmente uma experiencia única, enriquecedora e diversificada, e mostrar o melhor de cada concelho a todos os participantes, o São Mamede Granfondo Series terá, a cada edição, a sua partida e chegada num dos quatro concelhos que integram o Parque Natural da Serra de São Mamede.

Depois de, na primeira edição, ter tido o seu centro nevrálgico na capital de distrito, este ano o coração do evento esteve sediado no concelho de Marvão.

No dia anterior à prova, sábado 16 de junho, foi possível a partir das 14h30 fazer o levantamento dos frontais no secretariado da prova instalado no interior das muralhas do Castelo, sendo que todos os interessados puderam usufruir de Visitas Guiadas a Museus / Monumentos do Concelho gratuitamente, assim como a Jornadas Ciclismo onde se incluía a apresentação e antevisão da prova.

No dia 17 cedo se fez sentir o calor abrasador que assolou o País sendo que neste Alentejo interior as temperaturas chegaram aos 40ºC o que este ano ainda não tinha acontecido.

Inicio da prova

Na Avenida 25 de abril em Santo António das Areias estava montada a partida da prova, sendo que os atletas estavam inseridos em boxs conforme o numero de frontal atribuído, desenhando assim um bonito colorido ou não estivessem 1200 atletas inscritos e prontos a partir.

Dado o briefing da prova, 9h10 foi dada a partida das três distâncias propostas pela organização, a saber, um MiniFondo com 72km e 1400d+, MedioFondo com 104km e 1900d+ e a prova Rainha o GranFondo com 164km e uns imponentes 2800d+.

Saída de Santo António das Areias em direção a Castelo Vide via Marvão, foi de imediato feita a seleção natural de andamentos ou não fosse logo o percurso em subida cerca de 4 km.

Passagem pela Vila de Castelo de Vide, que tal como Marvão se encontra grande parte no interior das muralhas do Castelo Medieval e que servirá de palco de partida na próxima edição do São Mamede Granfondo Series. Esta passagem teve como ponto alto a passagem em pavê o que para uns é motivo de satisfação, para outros, de horror, mas faz parte destes desafios.

Seguiu-se rumo a barragem de Póvoa e Meadas por estradas secundárias na sua maioria em excelentes condições e onde se podia observar no horizonte as dificuldades que se avizinhavam com a ascensão ao topo da Ermida da Nossa Sra. Da Penha, serra de São Paulo, a cerca de 690 metros de altitude, onde é ainda possível vislumbrar Castelo de Vide e Marvão.

Separação de percursos

Descida da Serra em direção a Carreiras e em Alvarrões dá-se a primeira separação de percursos, com o MiniFondo a seguir em direção à meta no alto do Marvão, sendo que os outros dois percursos seguiram em direção a Alto das Reveladas (847 metros altitude), dando-se então a segunda separação com o MedioFondo a seguir direção à capital do distrito Portalegre e o Granfondo a seguir direção sul com passagens em Alegrete, Arronches, também esta vila será palco da edição 2020 do São Mamede Granfondo Series, e toma-se a direção a Portalegre via Alto do Reguengo (663 metros altitude), havendo junção novamente de percursos com o MedioFondo.

Na cidade de Portalegre tomou-se rumo a Marvão via Ribeira de Nisa, subida com a extensão aproximada de 5 km e onde a força dos atletas, aliada ao calor que se sentia, já não era a mesma de inicio, sendo que ao terminar esta subida, e mesmo em descida já se podia “apreciar” a subida final que levaria todos os participantes, que terminassem um dos percursos propostos, à meta final no Alto do Marvão onde animação e boa disposição não faltou.

Sendo que todos os participantes aquando da inscrição puderam optar por um dos três percursos, obrigatoriamente tiveram de o cumprir caso contrário, e justo para todos, seriam desclassificados, tendo havido muitas mudanças de percurso devido às condições climatéricas que se sentiam.

Policiamento

De salientar o efetivo policial e de voluntários empenhados neste Granfondo, o que só por si deu uma segurança extra aos participantes, sendo que o dispositivo móvel era composto por 1 ligeiro e 17 motociclos, apoiados na passagem pelas localidades por um elevado numero de agentes autoridade apeados e de muitos voluntários.

No final da prova muitos foram os que optaram por, cuidadosamente e cumprindo as indicações dadas pela organização e entidades policiais, fazer o regresso ao local de partida a pedalar o que evitou que muitos veículos tornassem o trânsito caótico na vila de Marvão, sendo que a distância era de 6km em sentido descendente e sem qualquer dificuldade.

Em Santo António das Areias os participantes tiveram à disposição local para banhos e o local para almoço e entrega dos prémios nas diferentes classificações, a saber:

Granfondo

Masculina
O vencedor foi Nuno Manso – Viveiros Vitor Lourenço/Sintra Clube De Ciclismo, em 2º Humberto Silva – Peçalmodovar / Garagemfpinto / Cda e 3º Alexandre Guilhoto – Marques&Pereira/Em3/Os Beirões

Feminina
Tamara Cardoso – Mtb La Roca foi a vencedora, Sonia Ramalho – Sotravessias e Margarida Benitez – Animal Race completaram o pódio

MedioFondo

Masculina
João Letras – Asfic – Grupo Parapedra foi º 1º, e nos lugares imediatos do pódio ficaram Rui Rodrigues e Humberto Careca – ambos da Asfic – Grupo Parapedra

OPraticante.pt/Biemme Ibérica fez-se representar por Ricardo Saraiva e Hugo Venâncio.

Feminina
Celina Carpinteiro – 5Quinas/Munícipio De Albufeira/Cdasj venceu, seguida de Ana Neves – Bike & Nutrition Shop e Nidia Gomes – Go Girls/Bike Experience

MiniFondo

Masculina
Venceu André Daniel – Bstravas, no lugar imediato ficou Igor Alves – Trek e a fechar o pódio João Batata – Grupeto Da Arrabida – All4bike

Feminina
Carina Morais – Grupeto Da Arrabida – All4bike foi a 1ª, com o 2º lugar para Inês Santos – Gdr Canaviais Comprar Casa Évora e 3º para Orieta Oliveira – 5Quinas/Município De Albufeira/Cdasj

Visualize mais fotos efectuadas por fotos do Zé.

Texto: Ricardo Saraiva
Fotos: Fotos do Zé

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta