Banner superior
Coluna Dto
Coluna Esq

Andrew Henriques e Greete Steinburg brilham em Mortágua

O português Andrew Henriques (BTT Loulé/Elevis) e a estoniana Greete Steinburg (Spordiklubi Rakke) venceram hoje, em Motágua, a segunda prova da Taça de Portugal de Maratona BTT (XCM), na categoria de elite.

David Vaz e Flávia Lopes (Vasconha BTT Vouzela) foram os primeiros comandantes da Taça de Portugal de Maratona BTT (XCM) ao vencerem a primeira prova da Taça de Portugal de Maratona BTT (XCM).

Os vencedores foram o português Andrew Henriques e a estoniana Greete Steinburg

Os corredores de elite masculina proporcionaram um duelo aceso, que terminou apenas com 2 segundos a separar o mais forte de todos, Andrew Henriques, do segundo classificado, David Vaz. O terceiro, a 2m34s, foi Renato Ferreira (Vasconha BTT Vouzela). O segundo posto foi suficiente para David Vaz manter o comando da Taça de Portugal.

Andrew Henriques
Andrew Henriques a comandar

As estonianas dominaram a corrida feminina, embora Greete Steinburg demonstrasse uma superioridade sem qualquer contestação. A vencedora teve de esperar 18m28s pela chegada da compatriota Maaris Meier (Maiatos), segunda classificada. A terceira, a 33m28s, foi Ângela Gonçalves (BTT Seia). Flávia Lopes (Vasconha BTT Vouzela), quarta em Mortágua, continua no topo da geral.

Greete Steinburg na frente

Restantes escalões em competição

Os melhores masters 30 foram André Filipe (CPR A-do-Barbas/AKIplast/PVS) e Nádia Mendes (Transfor), José Pacheco (SPAC BTT) venceu em masters 35, Nuno Inácio (Trilho Perdido Eventos Cycling Team) e Filomena Paulo (Róódinhas/Santos Silva) impuseram-se em masters 40.

Os restantes vencedores foram o master 45 João Gomes (BTT Gardunha/Fundão/Create), o master 50 José Rosa (Ser e Parecer Pro Bike Team), o master 55 Fernando Gonçalves (CTM Vila Pouca/CEPSA/Casa Lima Chaves) e o master 60 Manuel Pinto (Saertex Portugal/Edaetech). Os paraciclistas Hélder Maximino (360º Bike Trail/Mundimat/CCA Paio Pires) e Tiago Craveiro foram os únicos participantes nas classes C e D, respetivamente.

Estremoz recebe, no dia 19 de maio, a terceira etapa da Taça de Portugal de XCM.

Texto / Fotos: União Velocipédica Portuguesa – Federação Portuguesa de Ciclismo

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta